quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Manuel x Gatinho

O português odiava o gato da esposa, pois tudo lambia, miava em hora errada e subia na pia da cozinha para comer as coisas, além de soltar pelo por toda a casa; resolve, ora pois, pois, dar um fim no coitado.
 Coloca então o bichano dentro de um saco, joga-o no porta-malas do carro e o abandona a 20 quadras de sua casa.
 Quando retorna, lá está o gato em frente ao portão.
 Nervoso, o português repete a operação e abandona o bichinho, agora a 40 quadras de sua casa.
 Quando retorna, a mesma coisa: o gato em frente ao portão, esperando abrir a porta para entrar.
 Mais nervoso e injuriado ainda, pega o gato e anda 10 quadras para a direita, 20 para a esquerda, 30 para baixo, e diz:
 Agora quero ver se esse miserável volta!
 Cinco minutos depois liga para a esposa:
 Oh, Maria, o gato está por ai?
 - Ele está acabando de chegar, por quê, Manoel?
 - Põe o miserável no telefone para me ensinar o caminho, porque eu que fiquei perdido!

Nenhum comentário: