terça-feira, 27 de maio de 2014

Dos 40 aos 50




 Quero voltar a escrever, passado o desespero de me sentir já perto dos 50, pois fiz 47 esse ano. Não me atirem pedras, cada um com seus problemas, quem acabou de entrar nos 40 está naquela euforia de "estou com tudo em cima ainda", ouvindo aquela ladainha do "você está muito bem para a sua idade" . Mas perto dos 47 a gente descobre que tudo é sim mais difícil, como disse uma amiga, na nossa idade emagrecer, por exemplo, é passar a pão, água e alface rsrsr...

 A boa notícia é que agora sinto vontade sim de emagrecer - engordei um pouco de um ano para cá - mas não penso mais na estética, ufa! Libertando-me das algemas do espelho, da estética, agora quero é ter saúde, pois descobri que quero fazer coisas que ainda não fiz e que jurava que nunca iria querer fazer.

 Fui ao cardiologista e pasmei quando descobri que meu colesterol está no limite, apesar de estar com bom condicionamento físico e pouco excesso de peso. Estresse, só pode. Então, é hora de correr para o prazer, a diversão, deixar de se preocupar com coisas inúteis, que até há pouco me importavam muito.

 Estou cuidando da saúde mental também, como deveria ter feito há uns 30 anos já kkkk.... Mas o velho ditado é sempre válido: nunca é tarde, não mesmo!

Nenhum comentário: