quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Primeiro Encontro

DAR OU NÃO DAR NO PRIMEIRO ENCONTRO?
***
 Versão Feminina:
***
 Você está lá, tranquilinha no seu carro, o sinal está fechado e você aproveita para retocar o seu batom Pérola do Oriente.
 Você olha no espelhinho e percebe que o cara de trás não desgruda os olhos da sua boquinha.
 Sim, ele é bonito e tem um baita carrão…
 - Deve ser impressão minha, pensam os seus neurônios, com toda a autoestima que Deus lhe deu: ‘Imagina se um cara desses vai olhar para mim’.
***
 O sinal abre, você anda uns 100 metros, do seu lado direito, para um vendedor de chicletes, um cara de cadeira de rodas e um Hare Krishna.
 Do seu lado esquerdo, para o bonitão, vidradão em você.
 Discretamente, você olha para as mãos dele no volante e pensa: ‘Não, amiga, ele não usa aliança’.
***
 Os carros andam mais 50 metros e param de novo, ele abaixa o vidro elétrico e diz:
 - Me dá o seu telefone?
 Como você está completamente abobalhada com o que está acontecendo, pega o celular para jogar dentro do carro dele, mas Shiva te ilumina a tempo e você passa, lentamente, seu cartãozinho pela janela.
 Três horas mais tarde, ele te liga convidando para jantar, você aceita, desliga o telefone e começa a cantar bem alto:
 - Tá dominado! Tá tudo dominado!
***
 Na hora do almoço, você corre pro Shopping, gasta os tubos numa saia nova, afinal, investimento é tudo nessa vida.
 Ele vem te buscar em casa, chique e perfumadão e te leva num restaurante francês para comer ‘Foie Gras’, com direito a ‘Moet Chandon’.
 O champanhe está em promoção e vocês, romanticamente, preenchem cupons que dão direito a uma viagem a Paris.
 - Ah, Parrrriii!
 Ele paga a conta, vocês saem, ele bota um cd da Sade e chega até a porta do seu prédio.
 Você o convida para um licorzinho básico, mas jura, jura e jura para si mesma que não vai dar, mesmo porque você não fez depilação e, a última coisa que você quer na vida, é que ele te confunda com a ‘Monga, a mulher macaca’.
***
 Vocês sobem, rola aquele rala previsível e irresistível.
 Ele tenta avançar o sinal, você breca.
 Ele tenta de novo, você breca de novo.
 E assim caminha a humanidade…
***
 Algumas horas, depois que você ganhou a partida, ele se despede com um beijo e um abraço carinhoso e com aquela sinfonia para os nosso ouvidinhos:
 - Amanhã te ligo…
 No dia seguinte, você vai de novo ao Shopping, gasta outros tubos num vestidinho, em depilação completa e na lingerie La Perla, dispensa todos os convites das suas amigas para badalar e, e, e, e…
 Espera sentada pelo telefonema dele, que nunca vem.
 Sua vizinha chama, sua mãe chama, sua avó chama, o Ibope chama, até Avon chama… só ele que não chama.
 E você vai dormir com aquela sensação horrível de que, nem um passeio pelo Taboão da Serra, em pleno apagão, seria pior que isso.
***
 É amiga, aquele cara gostosão, bem de vida… nunca mais, nunca mais meeeeeeesmo, vai te ligar. Mas, por que os homens dizem que vão ligar e não ligam?
 Moral da história:
 NO PRIMEIRO ENCONTRO DÊ MESMO! SE ELE NÃO LIGAR MAIS,PELO MENOS VOCÊ DEU UMA BEM DADA E VAI SE SENTIR BEM POR UMA SEMANA, PELO MENOS!

Nenhum comentário: