quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Amostra de Esperma

O médico pede uma amostra de esperma de um homem de 85 anos como parte de seu exame de saúde anual e lhe dá um pequeno frasco, dizendo:
 - Pegue este frasco e deve trazê-lo amanhã, com a amostra de seu esperma.
 No dia seguinte o vovô regressa ao consultório do doutor e lhe entrega o frasco.
 Estava tão vazio e limpo como no dia anterior.
 O médico pergunta o que aconteceu e o homem explica:
 - Primeiro eu tentei realizar a tarefa com a mão direita e nada.
 Então eu tentei com a mão esquerda e ainda nada. Então pedi ajuda a minha esposa.
 Ela tentou com a mão direita, depois com a mão esquerda e ainda nada.
 Ela disse, “Eu já sei como!”. Então, ela tentou com a boca, primeiro com os dentes presentes, depois sem dentes e,então: NA-DA!
 Minha sogra veio e disse, será que eu vou ter que ensinar a fazer ISSO?
 Tentou um bom tempo e, em posições diferentes… cada vez mais bizarras e não houve nenhum sucesso…
 Inclusive chamamos a Suely, a vizinha do lado, e ela também tentou, primeiro com as duas mãos, debaixo do braço e pressionando entre os joelhos para cima, mas… NA-DA, doutor…
 O médico estava em choque:
 - Você pediu para sua sogra… e pra sua VIZINHA?
 E o “velhote”, respondeu:
 - Sim, Dr., mas nenhum de nós conseguiu abrir esta merda de frasco!

Eu gosto de Tenis !


quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Umas rapidinhas e outras nem tanto!

O sujeito batalhou, batalhou e conseguiu levar a garota de seus sonhos para a cama. Quando os dois estavam lá, peladinhos, ela olhou para o pinto do cara e deu uma risadinha:
- O que foi? - perguntou ele.
Ela continuou sorrindo e perguntou:
- Eu só queria saber o que ele vai ser quando crescer ....
 
Dois colegas recém-casados conversado:
- Você já viu um cobra voadora?
- Não.
- É só jogar sua sogra pela janela.
 
O casal está viajando de trem em lua de mel e o sujeito doido pra dar uma rapidinha. A cada túnel que passa, vai passando a mão nos seios da moça. E ela, toda recatada:
- Não, querido! Aqui não!
Logo o túnel acaba e ele volta a ficar sossegado.
No próximo túnel, ele enfia a mão no meio das pernas da moça.
- Ai, querido! Aqui não!
O túnel acaba e ele volta a ficar sossegado.
Outro túnel, ele enfia a mão na calcinha da moça e começa a boliná-la.
- Ai, querido! Aqui não!
Logo o túnel acaba e ele sossega.
De repente, o trem pega um túnel que não acaba mais e fica tudo escuro por um tempão.
Logo que o túnel acaba, ele cochicha no ouvido dela:
- Se eu soubesse que esse túnel era tão comprido, teria te comido aqui mesmo!
E a moça, apavorada:
- Quer dizer que não foi você?
 
O pai leva o filho a uma exposição de pintura. Passa diante de um quadro que representa um jogador de futebol e pergunta pro menino:— Sabe quem é esse jogador, meu filho?
- Não... Mas acho que ele não é um jogador` deve ser um juiz!
- Ué! Por que você está dizendo uma coisa dessas?
- É que embaixo da estátua está escrito: "Vendido"!
 
No bar, o cara diz para os amigos:
- Sou um sujeito feliz! Eu nunca tinha me tocado como minha mulher me ama até outro dia quando fiquei de cama por causa de uma gripe.
- O que foi que aconteceu? - perguntam os outros.
- Ela ficou tão contente por eu estar em casa que a cada vez que alguém tocava em casa, como o carteiro e o entregador de leite, que ela gritava: "meu marido está em casa! meu marido está em casa!"
 
Teólogos das mais diversas vertentes do cristianismo estiveram reunidos na semana passada em Jerusalém, para tentar descobrir qual era a verdadeira nacionalidade de Jesus.Vamos as suas (deles) conclusões:
A) Três provas de que Jesus era judeu:
1 - Assumiu os negócios do pai;
2 - Viveu em casa até os 33 anos;
3 - Tinha certeza de que a mãe era virgem, e a mãe tinha certeza de que ele era Deus.
 
ENTRETANTO...
 
B) Três provas de que Jesus era irlandês:
1 - Nunca foi casado;
2 - Nunca teve emprego fixo;
3 - O último pedido dele foi uma bebida.
 
C) Três provas de que Jesus era italiano:
1 - Falava com as mãos;
2 - Tomava vinho em todas as refeições;
3 - A mulher mais importante da sua vida era a mama.
 
D) Três provas de que Jesus era americano (mais precisamente da California):
1 - Nunca cortou o cabelo (hippie)
2 - Andava descalço (hippie)
3 - Inventou uma nova religião (hippie)
 
E) Três provas de que Jesus era francês:
1 - Nunca trocava de roupa;
2 - Não lavava os pés;
3 - Não falava inglês.
 
F) Três provas de que Jesus era brasileiro:
1 - Nunca tinha dinheiro;
2 - Vivia fazendo milagres;
3 - Se ferrou na mão do governo...
 
CONCLUSÃO:
Não foi possível chegar a um consenso sobre a nacionalidade de Jesus... Quanto a Judas, todos concordaram: era Argentino!
 
Manoel e Maria estão num vôo para a Austrália para comemorar o quarto aniversário de casamento.
De repente, o comandante anuncia pelos alto-falantes:
- Senhoras e senhores, tenho más notícias... problemas graves nos motores, vamos tentar um pouso de emergência... há uma ilha não catalogada nos mapas... vamos aterrissar na praia.
Ele aterrissou com êxito, mas avisou aos passageiros:
- Isto aqui parece o fim do mundo - é improvável a possibilidade de resgate... talvez tenhamos que viver nessa ilha pelo resto de nossas vidas!
Nessa hora, Manoel pergunta para a mulher:
- Maria, você pagou o dízimo da IGREJA UNIVERSAL este mês?
- Ai, me perdoa Manoel. Com essa história de viagem, esqueci completamente!
Manoel, eufórico, agarra a mulher e tasca-lhe um beijão, o melhor de todo o casamento.
A Maria não entende e pergunta:
- Manoel por que você me beijou desse jeito?
E ele responde eufórico:
- ELES VÃO NOS ACHAR !...
 
'Jesus Cristo é o caminho; eu sou o pedágio.'
(EdirMacedo)
 
O cara ligou para o escritório de seu amigo de infância e a secretária atendeu:
- Escritório do Dr. Marcelo, bom dia...
- Bom dia, poderia falar com o Dr. Marcelo?
A secretária responde:
- Olha Sr. no momento o Dr. Marcelo está cagando!
O cara fica horrorizado, desliga o telefone e decide avisar ao Marcelo como foi tratado pela secretária:
- Marcelo, hoje de manhã, liguei para o seu escritório e sua secretária me disse que você estava cagando!!! Isso é um absurdo! Você é presidente de uma multinacional, trata com pessoas importantíssimas. Sua secretária deveria ter mais educação!
- Ô Flávio, muito obrigado pelo toque, vou falar com ela; ela é novata, muito esforçada, com o tempo aprende...
Passado algum tempo, o cara liga novamente para o escritório, e novamente a secretária atende:
- Escritório do Dr. Marcelo, bom dia...
- Bom dia, poderia falar com o Dr. Marcelo?
A secretária responde:
- No momento, o Dr. Marcelo está ocupado...
Flávio gostou da resposta, viu que a secretária havia aprendido.
Então ele perguntou:
- E ele vai demorar muito?
A secretária respondeu:
- Ah... do jeito que ele passou peidando por aqui, vai levar uns 5 minutos!
 
Estavam um carioca, um paulista e um baiano no boteco do Mercado Modelo, quando o carioca diz aos outros:
- Mermão, esse cara que entrou aí é igual a Jesus Cristo.
- Tás brincando! - dizem os outros.
- Tô te falando! A barba, a túnica, o olhar...
O carioca levanta-se, dirige-se ao homem e pergunta:
- Mermão, digo, Senhor, Tu é Jesus Cristo, não é  verdade?
- Eu? Que idéia!
- Eu acho que sim. Aí..., tu é Jesus Cristo!!!
- Já disse que não! Mas fale mais baixo.
- Pô, eu sei que tu é Jesus Cristo.
E tanto insiste que o homem lhe diz baixinho:
- Sou efetivamente Jesus Cristo, mas fale baixo e não digas a ninguém,senão isto aqui vira um pandemônio.
- Mas eu tenho uma lesão no joelho desde pequeno. Me cura aí brother,digo, Senhor!
- Milagres não. Tu vais contar aos teus amigos e eu passo a tarde fazendo milagres.
O carioca tanto insiste que Jesus Cristo põe a mão sobre o seu joelho e ele fica curado.
- Pô, valeu! Ficarei eternamente grato! - agradece, emocionado, o carioca.
- Sim, sim! Não grites e vai-te embora e não contes a ninguém.
Logo em seguida, chega o paulista...
- Aí ô meu, o carioca disse que tu és Jesus Cristo e que o curaste...
- Tenho um olho de vidro. Cura-me também!
- Não sou Jesus Cristo! Mas fale baixo.
O paulista tanto insistiu que Jesus Cristo passou-lhe a mão pelos olhos e curou-o.
- Oh lôco meu! Obrigado mesmo! Agradece, emocionado, o paulista.
- Vai-te agora embora e não contes a ninguém.
Mas, Jesus Cristo bem o viu contando a história aos amigos e ficou à
espera de ver o baiano ir ter com ele. O tempo foi passando e nada.
Mordido pela curiosidade, dirigiu-se à mesa dos três amigos e pondo a
mão sobre o ombro do baiano, começou a perguntar:
- E tu, não queres que...
O baiano levanta-se de um salto, e afastando-se dele e grita em alto e sonoro baianês:
- Aê, meu Rei... Tira essas mãozinhas de cima de mim, que eu ainda tenho seis meses de licença médica!!!
 

 
Um advogado está tranquilamente tomando sol na praia, quando uma bela senhora se aproxima:
- Doutor, o que faz por aqui?
O advogado, querendo mostrar que advogados também podem ter veia poética, responde com ar conquistador:
- Roubando raios de sol...
A senhora, sorrindo docemente:
- Vocês, advogados, sempre trabalhando!!!
 
Um sujeito se dirigiu à atendente da casa lotérica:
- Olha, não tenho a menor idéia sobre quais números escolher para comprar um bilhete da Loteria Federal. Você poderia me ajudar?
- Claro, respondeu ela, vamos lá. Durante quantos anos você freqüentou a escola?
- 8
- Perfeito, temos um 8.
- Quantos filhos você tem?
- 3
- Ótimo, já temos um 8 e um 3. Quantos livros você já leu até hoje?
- 9
- Certo, temos um 8, um 3 e um 9. Quantas vezes por mês você faz amor com sua mulher?
- Caramba, isso é uma coisa muito pessoal - diz ele.
- Mas você não quer ganhar na loteria?
- Está bem, 2 vezes.
- Só??? Bom, deixa pra lá.. Agora que já temos confiança um com o outro, me diga quantas vezes você já deu a bunda?
- Qual é a sua? - diz o homem - Sou espada!
- Não fique chateado. Vamos considerar então zero vezes.
Com isso já temos todos os números: 83920.
O sujeito comprou o bilhete que correspondia ao número escolhido..
No dia seguinte foi conferir o resultado.
O bilhete premiado foi o de Nº 83921.
Cheio de raiva, comentou:
- Puta que pariu!!! Por causa de uma MENTIRINHA BESTA, eu não fiquei milionário !!!
 
A menina de 15 anos ia passar o fim de semana na casa do namorado.
A mãe ficou preocupada e foi logo avisando:
- Minha filha, seu namorado tem um bichinho entre as pernas e você tem outro. Caso ele queira colocar os dois para brigar, não aceite.
- Tudo bem, mãe.
Na segunda feira, quando a filha voltou, a mãe foi logo perguntando:
- E aí, minha filha? Ele quis colocar os bichinhos para brigar?
- Quis, mãe. Mas não se preocupe porque eu fiquei em vantagem.
- Como assim, minha filha?
- É que o meu bichinho engoliu o dele inteirinho...
 
Adolfo era um empresário muito ocupado que sempre chegava em casa tarde e nunca levava a sua mulher pra sair. Certo dia ela se enfezou e encheu tanto o saco dele que os dois saíram. Foram a um restaurante muito chique. Chegando lá o maître recepcionou o casal:
- Boa noite, senhor Adolfo! — e virando-se para os garcons. —Preparem a melhor mesa para o senhor Adolfo!
A mulher achou estranho, mas ele justificou:
- Às vezes venho a este restaurante almoçar com alguns amigos...
Quando eles acabaram de jantar Adolfo propôs à mulher:
- Vamos a uma boate?
Ela aceitou na hora, quase não se conteve de tanta felicidade. Chegando na casa noturna, havia uma enorme fila na frente, mas um senhor se aproximou e disse:
- Senhor Adolfo! Que prazer recebê-lo! Me acompanhe, por favor!
E eles entraram no local.
A mulher ficou ainda mais desconfiada, mas Adolfo se defendeu:
- Aquele cara é o dono deste lugar! Ele é meu amigo e vive me pedindo pra vir aqui mas você sabe, né? Nunca dá tempo...
Mal ele terminou de falar, chegou uma garçonete, muito bonita e perguntou:
- O mesmo de sempre, Senhor Adolfo?
Aquilo foi demais. A mulher saiu correndo, aos prantos e rapidamente chamou um táxi. Adolfo conseguiu alcançá-la e entrou no táxi.
Tentando acariciar a esposa, ele foi detido:
- Sai, seu canalha! Você não presta! Não encoste em mim! Não quero mais saber de você...
Então o motorista do táxi se meteu no papo:
- Poxa vida, hein, seu Adolfo? Putas eu já vi o senhor pegar de monte, mas chatas como essa aí é a primeira vez!
 
Em época de baixa temporada, o cassino estava às moscas. Os assistentes já não agüentavam mais de tédio.
Foi quando entrou no salão uma loira espetacularmente gostosa. Imediatamente, o pessoal do cassino se animou.
Ela se aproximou de uma das mesas e disse aos assistentes que apostaria 20 mil dólares e que acertaria os números em um único arremesso de dados.
Os caras anotaram a aposta.
Foi quando a loira disse:
- Olha, espero que vocês não se importem, mas tenho mais sorte quando estou nua.
Os assistentes aceitaram imediatamente e ficaram olhando aquela loiraça, tirar a roupa.
Completamente nua, deixando todo o seu corpo à mostra, a loira gritou:
- Mãezinha, preciso de novas roupas!
Fez o arremesso e logo em seguida comemorou:
- Viva! Viva! Eu venci! Eu venci!
Saltitante, a loira abraçou e beijou cada um dos ajudantes.
Pegou todo o dinheiro, as roupas e se mandou.
Os ajudantes, ainda boquiabertos, se entreolharam. Até que um deles perguntou:
- Que número deu nos dados?
- Não sei, pensei que você estivesse olhando!
Moral da história: Nem todas as loiras são burras, mas homens são sempre homens...
 
Marido e mulher estão deitados na cama. Então, ela sente a mão dele acariciando o ombro dela:
- Ah, que sensação gostosa.
A mão vai descendo e e passa pelos seios dela:
- Nossa, querido, isso é maravilhoso!
A mão dele então passa entre as coxas dela...
- Oh, amor, não pára.
De repente, ele pára:
- Amor, por que você parou?
- Ah, já achei o controle remoto...
 
O português telefona para uma agência de viagens:
- Por favor, quanto demora um avião de São Paulo para Lisboa?
- Um minutinho...
- respondeu a atendente.
- Muito obrigado! - e desligou.
 
Em um julgamento de divórcio, o casal briga pela guarda do único filho.
A mãe, muito emocionada, tenta se defender:
- Excelentíssimo Juiz... Esta criança foi gerada dentro de mim... Ela saiu do meu ventre, portanto eu mereço ficar com ela!
O juiz passa a palavra para marido, que resolve usar o seu lado lógico:
- Senhor Juiz, me responda uma pergunta: quando eu coloco uma moeda em uma máquina de refrigerantes, a latinha que sai é minha ou da máquina?

MULHER PEDE INDENIZAÇÃO NA JUSTIÇA

O caso gerou uma jurisprudência.

 

 
Mulher pede indenização na Justiça por ter casado com homem de pênis pequeno.           &nb sp;                  
Karla Dias Baptista, 26 anos, advogada e residente no município de Porto Grande no Amapá decidiu processar seu ex-marido por uma questão até então inusitada na jurisprudência nacional.
 
Ela processa Antonio Chagas Dolores, comerciante de 53 anos, por insignificância peniana.
 
Embora seja inédito no Brasil, os processos por insignificância peniana, são bastante frequentes nos Estados Unidos e Canadá. Esta moléstia é caracterizada por pênis que em estado de ereção não atingem oito centímetros.
 
A literatura médica afirma que esta reduzida envergadura inibe drasticamente a libido feminina interferindo de forma impactante na construção do desejo sexual.
 
O casal viveu por dois anos uma relação de namoro e noivado e durante este tempo não desenvolveu relacionamento sexual de nenhuma espécie em função da convicção religiosa de Antonio Chagas.
 
Karla hoje o acusa de ter usado a motivação religiosa para esconder seu problema crônico.
 
Em depoimento a imprensa a denunciante disse que “se eu tivesse visto antes o tamanho do ‘problema’ eu jamais teria me casado”.
 
A legislação brasileira considera erro essencial sobre a pessoa do outro cônjuge quando existe a “ignorância, anterior ao casamento, de defeito físico irremediável, ou de moléstia grave”.
 
E justamente partindo desta premissa que a advogada pleiteia agora a anulação do casamento e uma indenização de R$ 200 mil pelos dois anos de namoro e 11 meses de casamento.
 
Antonio que agora é conhecido na região como Toninho Anaconda, afirma que a repercussão do caso gerou graves prejuízos para sua honra e também quer reparação na justiça por ter tido sua intimidade revelada publicamente.
 
Um caso tenso!
                                        
E ela ainda deu entrada no processo no Juizado de Pequenas Causas...
 
Aí também já é sacanagem!!!...

terça-feira, 24 de setembro de 2013

2 Freiras às 2hs da manhÃ

Tarde da noite, duas freirinhas estão voltando para o convento, quando percebem que estão sendo seguidas por um tipo grandalhão e mal-encarado.
 Dobram algumas esquinas para despistá-lo, mas ele continua atrás.
 — E agora, irmã, o que vamos fazer? — pergunta uma, já ficando desesperada.
 — Tive uma idéia: vamos virar a próxima rua e correr uma para cada lado. Quem chegar primeiro no convento pede socorro.
 Assim que chegam a esquina, disparam em direções opostas. Uma delas chega ao convento e conta o ocorrido às outras irmãs.
 Todas ficam apavoradas e já vão chamar a polícia quando aparece a outra freirinha, toda suada.
 — Irmãs, vocês não imaginam o que aconteceu! — exclama ela, ofegante.
 — O que houve? O que houve? — todas querem saber.
 — Eu saí correndo e o homem veio atrás.
 — E aí? E aí?
 — Chegou um momento que eu virei uma rua e dei de cara com um beco sem saída. Fui tentar voltar, mas o tarado já havia chegado. Ele me olhou com uma cara de louco, rindo.

— Então eu sorri também e levantei o hábito até o pescoço.

— Ohhhh! E o que ele fez?
 — Abaixou as calças até os pés.
 — Meu Deus! E aí?
 — Aí que mulher de saia levantada corre muito mais que homem de calça abaixada, né?

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

LG faz pegadinha com meteoro atingindo a terra ( TV LG 84" POLEGADAS )

Fax à esposa!!! "Fabulosa" resposta!! Ah,ah,ah...

Um executivo envia um fax à sua esposa:

"Compreenderás que agora que tens 55 anos, eu tenho certas
necessidades que tu já não podes satisfazer.

Sou muito feliz contigo, considero-te uma esposa
maravilhosa e sinceramente, espero que não te sintas ferida ou
ofendida ao saber que quando receberes este fax,
vou estar fazendo sexo no Hotel RITZ com Vanessa,
a minha secretaria, que tem 18 anos.

 Não obstante, chegarei a casa antes da meia-noite."


Quando o tipo regressa a casa, encontra uma nota sobre a mesa da
sala, que diz:

"Querido esposo:

 Recebi o teu fax, e não poderia deixar de agradecer-te a gentileza
 de me avisares. Aproveito a oportunidade para recordar-te que também
tens 55 anos.

 Ao mesmo tempo, comunico-te que quando leres este bilhete, estarei
 dando umas cambalhotas no Hotel Riviera com o Joca, o meu instrutor de
Aeróbica, que, tal como a tua secretária, também tem 18 anos.

 Como, para além de seres um empresário de sucesso, também és
 Licenciado em  Matemáticas, poderás compreender facilmente que estamos em
igualdade de circunstancias, mas..... com uma pequena diferença:

18 entra mais vezes em 55, que 55 em 18!

Portanto, não me esperes esta noite!

Chegarei amanhã de amanhã.

Recebe um beijo da tua esposa, que verdadeiramente te compreende."

identidade sexual....

A primeira letra do seu nome revela sua identidade sexual....
Confira!


A
Você não é particularmente romântico(a), mas interessado(a) em ação, negócios. Para você, o que você vê é o que você tem. Você não tem nenhuma paciência para paquerar e não pode ser incomodado(a) por alguém que esteja tentando ser modesto(a), atraente, recatado(a), atraindo-o(a) sutilmente. Você é uma pessoa que toma as rédeas. Quando o assunto é sexo, é a ação que conta e não dicas obscuras. A atratividade física de seu(a) companheiro(a) é importante para você. Você acha o desafio da" caça" revigorante. Você é apaixonado(a) e sexual como também muito mais aventureiro(a) do que parece, porém, você não é de ficar anunciando estas qualidades. Suas necessidades físicas são sua preocupação primária.

B
Você emite vibrações de uma sensualidade preguiçosa. Você gosta de ser amado(a), entretido(a). Fica muito contente em receber presentes como uma expressão do afeto de seu(a) parceiro(a). Gosta de ser mimado(a) e saber mimar seu(a) companheiro(a). Você é reservado(a) em sua expressão, particularmente quando faz amor. Você evitará tudo até que as coisas se encontrem de acordo com sua aprovação. Você pode controlar seu apetite e privar-se de sexo se isso for necessário. Você gosta de sensações e experiências novas. Você está disposto(a) a experiência.

C
Você é uma pessoa muito social, e é importante para você ter uma relação. Você precisa de proximidade e união. Você pode falar sobre sexo com seu(a) parceiro (a) antes, durante e depois. Você vê seu(a) parceiro(a) como um amigo(a) e companheiro(a). Você é muito sexual e sensual, precisando de alguém para apreciar e quase o(a) adorar. Quando isto não pode ser alcançado, você tem a habilidade para ficar por longos períodos sem atividade sexual. Você é um(a) perito(a) em controlar seus desejos.

D
Uma vez que você põe em sua cabeça que você quer alguém, você se move a todo vapor para alcançar este objetivo. Você não desiste facilmente. Você é altamente sexual, apaixonado(a), leal e intenso(a) em seu envolvimento, as vezes possessivo(a) e ciumento(a). Sexo para você é um prazer a ser desfrutado. Tendo uma mente livre e aberta, você é estimulado(a) pelo excêntrico e o incomum.

E
Sua maior necessidade é falar. Se seu(a) companheiro(a) não for um bom(a) ouvinte, você terá dificuldade para se relacionar. Uma pessoa deve ser intelectualmente estimulante ou você não estará sexualmente interessado(a). Você odeia desarmonia e rompimento, mas desfruta, de vez em quando, de um bom argumento que parece incitar as coisas. Você paquera muito, para você o desafio é mais importante que o ato sexual, mas uma vez que você entrega seu coração, você é totalmente leal. Quando você não tem um(a) bom(a) amante para dormir, você dormirá com um bom livro. (As vezes, na realidade, você prefere um bom livro.).

F
Você é idealista e romântico(a), colocando seu(a) amante em um pedestal. Você procura muito o(a) melhor companheiro(a) que você pode achar. Você é um(a) namorador(eira), contudo uma vez comprometido(a), você é muito leal. Você é sensual, sexual, e reservadamente apaixonado(a). Publicamente, você pode ser vistoso(a), extravagante e galante. Você nasceu romântico(a). Cenas de amor dramáticas são seu passatempo favorito. Você pode ser um(a) amante muito generoso(a).

G
 
Você é meticuloso(a), buscando perfeição dentro de você e de seu(a) amante. Você responde bem a um(a) amante que é intelectualmente igual ou superior a você , ou a alguém que pode aumentar seu status. Você é sensual e sabe alcançar o pico de excitação erótica, porque trabalha meticulosamente para isso. Você pode ser extremamente ativo(a) sexualmente, quando acha tempo. Seus deveres e responsabilidades sempre vem em primeiro lugar. Você pode ter alguma dificuldade emocional perto de um(a) amante, mas nenhuma dificuldade sexual.

H
Você busca um companheiro(a) que pode aumentar sua reputação e ganhar habilidade. Você será muito generoso(a) com seu(a) companheiro(a) desde que o compromisso seja claro. Seus presentes são de fato um investimento em seu parceiro(a). Antes do compromisso, entretanto, você tende a ser econômico(a) em seus gastos e hábitos e igualmente cauteloso(a) em seu envolvimento sexual. Você é um(a) amante sensual e paciente.

I
Você tem uma grande necessidade a ser amado(a). Até mesmo adorado(a). Você gosta do luxo, sensualidade e dos prazeres da carne. Você procura amantes que sabem o que estão fazendo. Você não está interessado(a) em um(a) amador(a), a menos que ele(a) queira um tutor. Você é exigente e exato(a) sobre ter seus desejos satisfeitos. Você está disposto(a) a experimentar e provar novos modos de expressão sexual. Você fica facilmente enfadado(a) e assim precisa de aventura sexual e mudança. Você é mais sensual que sexual, mas você às vezes é completamente luxurioso(a).

J

Você pode ser muito romântico(a), apegado(a) a fascinação do amor. Ter um(a) companheiro(a) é de suprema importância para você. Você é livre em sua expressão de amor e está disposto(a) a se arriscar, a ter experiências sexuais e parceiros(as) novos , mas sempre de bom gosto. Você tem que sentir que seu parceiro(a) é intelectualmente estimulante, caso contrário você achará difícil sustentar a relação. Você é conhecido(a) como o(a) melhor amante do alfabeto inteiro, e os(as) parceiros(as) sempre comentarão sobre suas habilidades sexuais. Você precisa ser amado(a), abraçado(a), entretido(a) para que você se sinta apreciado(a).

K
Você é totalmente maravilhoso(a)!

L
Você é muito romântico(a), idealista, e de alguma maneira você acredita que amar significa sofrer. Você gosta de servir seu(a) companheiro(a) ou atrair pessoas que têm dificuldades incomuns. Você se vê como o(a) salvador(a) de seu(a) amante. Você é sincero(a), apaixonado(a), luxurioso(a) e sonhador(a). Você fantasia bastante e é excitado(a) por filmes e revistas. Você não conta aos outros sobre sua vida secreta, nem sobre suas fantasias sexuais.

M
Você é emocionalmente intenso(a). Quando envolvido(a) em uma relação, você lança seu ser inteiro nisto. Nada o(a) pára; não há nenhuma barreira. Você é totalmente consumido(a) e almeja alguém que esteja igualmente apaixonado(a) e intenso(a). Você acredita em liberdade sexual total. Você está disposto(a) a tentar qualquer coisa. Sua energia sexual é inesgotável.

N

Você ainda tem muito a aprender.

O
Você está muito interessado(a) em atividades sexuais, contudo é reservado(a) e tem vergonha de seus desejos. Você pode canalizar muito de sua energia sexual em ganhar dinheiro e poder. Você pode facilmente passar longos períodos em celibato. Você é um(a) amante apaixonado(a), compassivo(a), sexual e quer as mesmas qualidades de seu companheiro(a). Sexo é negócio sério; assim, você quer diversidade e intensidade, e está disposto(a) a tentar qualquer coisa ou qualquer um. Às vezes suas paixões viram possessividade.

P
Você é muito preocupado(a) com posturas sociais. Você não pensaria em fazer alguma coisa que pudesse prejudicar sua imagem ou reputação. As aparências contam e você quer um(a) parceiro(a) bonito(a). Você também quer um(a) parceiro(a) inteligente. Estranhamente, você pode ver seu(a) parceiro(a) como seu(a) inimigo(a); uma boa briga estimula as vibrações sexuais. Você é livre de ressacas sexuais. Você está disposto(a) a experienciar e provar novos modos de fazer as coisas. Você é muito social e sensual; gosta de paquerar e precisa de bastante satisfação física.

Q
Você requer atividade constante e excitação. Você tem uma tremenda energia física. Não é fácil um parceiro(a) manter o seu ritmo, seja sexual ou não. Você tende a ser atraído(a) por pessoas de outros grupos étnicos. Você precisa de romance, amor, flores, e muita conversa para excitar-se e o(a) manter seguindo em frente.

R
Você precisa de alguém que possa manter o passo com você, e que seja intelectualmente igual ou mais inteligente . Você fica excitado(a) mais depressa por uma bela mente do que por um belo corpo. Porém, atração física é muito importante para você. Você precisa se sentir orgulhoso(a) de seu(a) parceiro(a). Você é reservadamente muito sensual, e está disposto(a) a agir como professor(a) sexual. Sexo é importante; você pode ser um(a) parceiro(a) muito exigente.

S
Você é reservado(a), auto-suficiente, e tímido(a). Você é muito sexy, sensual, e apaixonado(a), mas não deixa isso transparecer. Somente em privacidade íntima esta parte de sua natureza se revela. Você sabe todos os pequenos truques do jogo, pode interpretar qualquer papel e leva sua vida amorosa muito seriamente. Você tem paciência para esperar pela pessoa certa

T
Você é muito sensível, reservado(a), e sexualmente passivo(a); você gosta de um(a) parceiro(a) que tome as rédeas. Música, luzes suaves e pensamentos românticos o(a) excitam. Você fantasia, mas não cai de amor facilmente. Quando apaixonado(a), você é romântico(a), idealista, e extremamente intenso(a). Você gosta de ter seus sentidos e sentimentos estimulados, provocados. Você é um(a) grande namorador(eira). Você pode fazer suas relações ajustarem-se aos seus sonhos, mas somente em sua própria cabeça.

U

Quando você está em uma relação, você não está procurando nenhum amor. Quando não está, você está apaixonado(a) pelo amor, e sempre procurando amor e alguém para adorar. Você vê o romance como um desafio. Você é um(a) andarilho(a) e precisa de aventura, excitação, e liberdade. Você negocia em relações potenciais. Você gosta de dar presentes e de ver seu companheiro(a) sempre bonito(a). Seu desejo de sexo é forte e você quer satisfação imediata. Você está disposto(a) a colocar os prazeres de seu parceiro(a) acima dos seus próprios.

V

Você é individualista, e precisa de liberdade, espaço e excitação. Você espera até que conheça bem alguém antes de se comprometer. Você sente uma necessidade de entrar na cabeça do outro para saber o que ele(a) pensa. Você é atraído(a) por tipos excêntricos. Freqüentemente há uma diferença de idade entre você e seu(a) parceiro(a). Você responde bem ao perigo, emoções e expectativas. Cenas alegres o(a) excitam, embora você possa não estar participando.

W
Você é muito orgulhoso(a), determinado(a), e se recusa a levar um não como resposta em casos amorosos. Seu ego está em jogo. Você é romântico(a), idealista, e freqüentemente apaixonado(a) pelo amor em si mesmo e não consegue ver como seu(a) companheiro(a) realmente é. Você sente profundamente e dá tudo de você em suas relações. Nada é muito bom para seu(a) amante. Você gosta de jogar jogos de amor.

Y
Você é sexual, sensual, e muito independente. Quer controlar suas relações,o que nem sempre funciona como você gostaria.. Você responde a excitação física, passando horas beijando , tocando, explorando. Porém, se você puder gastar seu tempo ganhando dinheiro, você deixará os prazeres da carne para depois. Você precisa provar para si mesmo(a) e a seu(a) parceiro(a) o(a) grande amante que você é. Você quer avaliação de seu desempenho. Você é um(a) companheiro(a) de cama aberto(a), estimulante, romântico(a).

Z
Para você negócios vem antes do prazer, e se você esta aborrecido(a) de qualquer forma por carreira, negócio ou questões financeiras , você acha muito difícil relaxar e entrar no humor. Você pode ser capaz de muita sensualidade, mas você nunca perde o controle de suas emoções. Você tem muito cuidado e é cauteloso(a) antes de dar seu coração e seu corpo, mas quando você o faz, você gruda como cola.

TATUADA MAMANDO GOSTOSO




MENTE POLUIDA!!!
Pensou outra coisa, né ?
De joelhos!: 350 Padre Nosso e 500 Ave Maria

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Freira x Gay

A aeromoça oferece bebida a um gay que está sentado ao lado de uma freira dentro de um avião.

O gay (chique, lógico) pede uísque escocês com gelo.

- Aceita o mesmo que ele, irmã? Pergunta a aeromoça à religiosa.

A freira fica indignada:

- Prefiro ser agarrada selvagemente e estuprada por um negão do Pelourinho, daqueles de dois metros de altura, do que botar uma gota de álcool na boca!

O gay escuta e devolve o uísque à aeromoça dizendo:

- Desculpe! Eu não sabia que tinha essa outra opção. Também quero o negão!

Minero na zona

Minerin chegou na zona e falou pro gerente:
 - Hoje tô afim de um “gay”. Tem um “bão” aí?
 - Aqui não temos “gays”, só mulheres, respondeu o gerente.
 - Não?! Putz!! Hoje eu queria memo era um “gay” prá variá, um “trem” diferente… pago mil real.
 O gerente, ganancioso, chegou pro “leão de chácara” da “zona”, que era um “negão” de 2 metros de altura, faixa-preta de karatê, judô, jiu-jitsu, tae-kendo, boxe, briga de rua, “vale- tudo”, capoeira, “pancadaria” e assalto `a “mão armada” e falou:
 - Vamos tomar o dinheiro desse “mineirinho” otário. Vou dizer que você é “viado”, você entra no quarto com ele, pega o dinheiro, arranja um motivo prá confusão, dá um “pau nele” e depois “rachamos” a “grana”.
 O “minerin” entrou no quarto com o negão, trancou a porta e logo começou a “pandacaria”. De fora só se ouvia barulho de cama quebrando, espelho rachando, batidas na porta, na parede, no teto…
 Passaram-se 40 minutos nessa “peleja”, todo mundo na expectativa do lado de fora, quando a porta se abriu e saiu o “minerin”, “arrumano as carça” e comentando:
 - Brabin ele, né? Quiria dá não…

ToyStory


A Redação

A professora disse para os seus alunos:
 – Vocês têm duas horas para fazer uma redação, quem terminar pode ir pra casa.
 A redação deverá conter 4 temas:
 1º. Sexo;
 2º. Presidência da República;
 3º. Religião;
 4º. Mistério.
 Podem começar!
 Joãozinho, como sempre, foi o primeiro a entregar, em menos de 1 minuto.
 Sua redação dizia:
 Comeram a Dilma. Meu Deus! Quem conseguiu?

"FLASHING" is OKAY, with these Buggers!

Salto de Vara


terça-feira, 10 de setembro de 2013

Empregado até hoje...

Numa conhecida vinícola da serra, o degustador havia falecido e o proprietário começou a buscar alguém que fizesse o trabalho.
 Um velho, jeito de antigo malandro, bêbado e mal vestido, se apresentou para solicitar o lugar.
 O proprietário, que não gostou do candidato, e se perguntava: como podia livrar-se dele ?
 Então, na presença de outros dirigentes da empresa, mandou dar-lhe um copo de vinho para ele testar. O velho provou e disse:
 “- É um Moscatel de 03 (três) anos, elaborado com uvas colhidas na parte norte da região, guardado em um barril inox. É de baixa qualidade, porém, aceitável”.
 “ -Correto”, disse o chefe; outro copo por favor.
 “- É um cabernet, safra 2008, com uvas colhidas nas encostas ao sul da região, guardado em barril de carvalho americano a 08 graus de temperatura. Ainda faltam uns 03 (três) anos para que alcance sua mais alta qualidade.”
 - “Absolutamente correto”. Um terceiro copo.
 “- É um espumante elaborado com uvas chardonnay, completada com 15% pinot noir, de alta qualidade e exclusivas”, disse o bêbado.
 O proprietário não acreditava no que estava vendo e fez um sinal com os olhos para sua secretária e pediu a ela que fizesse algo. Ela saiu da sala e regressou com um copo de urina.
 O malandro provou e, calmamen te, disse:
 “- É de uma ruiva de 26 (vinte e seis) anos de idade, com 03 (três) meses de gravidez e se não me derem o emprego, inda digo quem é o pai!”

Após nervosismos e calafrios, dizem que está até hoje empregado…

Papagaio

O papagaio judeu

Esta é a história de Meyer, um judeu nova-iorquino, viúvo solitário que, um dia, andava pela Delancey St, desejando que algo de bom acontecesse na sua vida. Naquele instante, ele passou por uma pet store e ouviu uma voz estridente de papagaio gritando em ídishe.
 O pobre Meyer não podia acreditar nos seus ouvidos. Aquele papagaio falava um ídishe perfeito!
 Após alguns segundos, Meyer já tinha largado quinhentos dólares no balcão e levava o papagaio na sua gaiola para casa.
 Ele passou a noite toda falando com o papagaio, em iídishe.
 Um dia, na manhã de Rosh Hashaná (Ano Novo), Meyer se levantou e se vestiu todo bonito para ir à sinagoga. Quando ele estava para sair, o papagaio exigiu ir junto. Meyer tentou explicar que a sinagoga não era lugar para um pássaro, que ele não podia levá-lo, mas tanto o bicho insistiu e com argumentos tão complexos, embasados nas Leis, que no final Meyer acabou levendo o pássaro no seu ombro.
 Como é de se supor, foi um espetáculo na sinagoga. Todo mundo queria saber o que Meyer estava fazendo com um papagaio.
 Eles não permitiram de modo algum que o bicho entrasse. Mas Meyer implorou, só dessa vez, que eles veriam como o seu papagaio podia rezar.
 Até apostas foram feitas, milhares de dólares, como o papagaio jamais iria rezar em iídishe.
 Em suma, armou-se uma tremenda confusão.
 Todos os olhos estavam no papagaio durante os serviços. Enquanto isso, o papagaio, quieto no ombro do Meyer, não soltavaum pio. Meyer começou a ficar nervoso, primeiro falando baixinho, depois batendo no bicho para ver se ele rezava, e nada – nem um pio. Já meio desesperado, Meyer implorou:
 - Por favor, meu papagaiozinho estimado, reza, reza como combinamos.
 Mas nada. O papagaio sequer piava. Passaram-se todas as rezas, os serviços terminaram, e nada de o bicho sequer abrir o bico. As pessoas começaram a dizer:
 - Eu acho que o teu papagaio é mudo. Inventaste esta mentira de que ele falava iídishe.

E assim, ao anoitecer, Meyer descobriu que devia para os seus amigos na sinagoga a soma de quatro mil dólares! Ele voltou para casa indignado e carrancudo, sem dizer absolutamente nada para o bicho. E eis que, depois de algumas quadras andando cabisbaixo, o papagaio começou a entoar, lindamente, uma velha canção iídishe, cantarolando alegre como se estivesse enamorado. Naquele momento, Meyer, meio que indignado, parou, olhou feio para o papagaio e explodiu:
 - Explique-me o porquê. Por quê? Por que fazer isso justo comigo?

O papagaio, com um sorriso maroto, respondeu:

- Meyer, não seja um babaca, pense em como vão estar as nossas chances nas apostas de Yom Kipur! (Dia do Perdão, dez dias depois)!

Café Pendente, boa idéia !

Que sonho bom...
"Entramos em um pequeno café, pedimos e nos sentamos em uma mesa.
Logo entram duas pessoas:
- Cinco cafés. Dois são para nós e três "pendentes".
Pagam os cinco cafés, bebem seus dois e se vão.
Pergunto:
- O que são esses “cafés pendentes”?
E me dizem:
- Espera e vais ver.
Logo vêm outras pessoas. Duas garotas pedem dois cafés - pagam normalmente.
Depois de um tempo, vêm três advogados e pedem sete cafés:
- Três são para nós, e quatro “pendentes”.
Pagam por sete, tomam seus três e vão embora.
Depois um rapaz pede dois cafés, bebe só um, mas paga pelos dois.
Estamos sentados, conversamos e olhamos, através da porta aberta, a praça iluminada pelo sol em frente à cafeteria. De repente, aparece na porta, um homem com roupas baratas e rotas, e pergunta em voz baixa: - Vocês têm algum "café pendente"?

Esse tipo de caridade, apareceu pela primeira vez em Nápoles. As pessoas pagam antecipadamente o café a alguém que não pode permitir-se ao luxo de uma xícara de café quente. Deixavam também nos estabelecimentos, não só o café, mas também comida.
Esse costume ultrapassou as fronteiras da Itália e se difundiu em muitas cidades de todo o mundo." http://www.cafependente.com/

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Analista de Sistemas

Um analista de sistemas meio introvertido finalmente conseguiu realizar o sonho da sua vida: um cruzeiro.

Era a coisa mais doida que tinha feito até então. Estava começando a desfrutar da viagem quando um furacão virou o navio como se fosse uma caixa de fósforos…

O rapaz conseguiu agarrar-se a um salva-vidas e chegar a uma ilha aparentemente deserta e muito remota.

Deparou-se com uma cena belíssima: cachoeira, bananas, coqueiros… mas quase nada além disso.

Ele se sentiu desesperado e completamente abandonado.

Vários meses se passaram, até que um belo dia apareceu, remando, uma belíssima engenheira, daquelas de fazer parar o trânsito. A engenheira começou logo uma conversa:

- Eu sou do outro lado da ilha. Você também estava no cruzeiro?

- Estava! Mas onde conseguiu esse bote?

- Simples: eu sou engenheira e usei meus conhecimentos! Tirei alguns galhos de árvores, sangrei umas seringueiras, defumei até virar borracha, reforcei os galhos e fiz a quilha e os remos com madeira de eucalipto.

- Mas… Com que ferramentas?

- Bom, achei uma camada de material rochoso, evidentemente formado por aluviões. Descobri que esquentando esse material a certa temperatura, ele assumia uma forma muito maleável. Mas, chega disso! Onde você tem vivido esse tempo todo? Não vejo nada parecido com um teto…

- Para ser franco, eu tenho dormido na praia…

- Gostaria de ver a minha casa?

O analista de sistemas aceitou, meio sem jeito.

A engenheira remou com extrema destreza ao redor da ilha.

Quando chegou no ‘seu’ lado, amarrou a canoa com uma corda que mais parecia uma obra-prima de artesanato. Os dois caminharam por uma passarela de pedras e madeira construída pela engenheira e se depararam, atrás de um coqueiro, com um lindo chalé construído sobre palafitas, pintado de azul e branco.

- Não é muito, disse ela, mas eu o chamo de ‘meu lar’.

Já dentro, ela procurou deixá-lo à vontade:

- Sente-se, por favor! Aceita um drinque?

- Não, obrigado! Não aguento mais água de coco!

- Mas não é água de coco! Eu tenho um alambique meio rudimentar lá fora, de forma que podemos tomar Piñas coladas autênticas!

Tentando esconder a surpresa, o analista de sistemas aceitou. Sentaram no sofá dela para conversar.

Depois de contarem suas histórias, a engenheira perguntou:

- Você sempre teve barba?

- Não. Toda a vida eu andei bem barbeado.

- Bom, se quiser se barbear, tem uma navalha lá em cima, no armarinho do banheiro.

O homem já não perguntava mais nada.

Subiu uma escada em caracol e foi em cima, no banheiro, e fez a barba com um complicado aparelho feito de osso e conchas, tão afiado quanto uma navalha.

A seguir, tomou um bom banho, sem nem querer arriscar palpites sobre como ela tinha água quente no banheiro.

Desceu sem poder deixar de se maravilhar com o acabamento do corrimão.

- Você ficou ótimo! Vou lá em cima também me trocar por algo mais confortável.

Nosso herói continuou bebericando sua piña colada.

Em instantes a engenheira estava de volta, exalando um delicioso perfume de gardênias e vestindo um estonteante e revelador robe, muito bem trabalhado em folhas de palmeira.

- Bom, disse ela, ambos temos passado um longo tempo sem qualquer companhia…

Você não tem se sentido solitário? Há alguma coisa de que você sente muita saudade? Que lhe faz muita falta e da qual todos os homens e mulheres precisam?

- Mas é claro, disse ele esquecendo um pouco a sua timidez. Tem uma coisa que venho querendo todo esse tempo. Até sonho com isso à noite. Mas… Aqui nesta ilha… Sabe como é… Seria simplesmente impossível.

- Bom, ela disse com um sorriso maroto, já não é mais impossível, se é que você me entende!

O rapaz, tomado de uma excitação incontrolável, disse, quase sem fôlego:

- Não acredito! Você não está querendo dizer que…

Você bolou um jeito de acessar a internet aqui na ilha?

Classifica Você

Ontem estava correndo para pegar um ônibus, tropecei e cai numa poça. Um bêbado que estava perto me disse: “E você acha que nadando vai chegar mais rápido?”.

Fazendo com previsão

- Querida, o que temos hoje para o jantar?

- Nada, hoje não fiz nada.

- Mas ontem também não teve nada!

- É que eu já prepararei pra dois dias…

Pura Verdade

Se você está errado e reconhece seu erro, você é um sábio. Se você está certo e se mantém em silêncio, não há dúvida, você é casado.

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

COM PUTA AÇÃO


  
 
1. Meu computador não liga, o que eu faço?       
Dê o troco, não ligue para ele também.
 
2. Ao ligar, o micro custa a carregar. Tem solução?
Sim, carregue seu micro até a lixeira mais próxima
.
 
3. Ao iniciar, a bandeirinha do Windows aparece na tela duas vezes.
 Para que serve isso?
É um sinal de que você é completamente imbecil
e ainda insiste em comprar produtos da Microsoft. 
 
4. O que faço com o botão Iniciar?
Clique nele, depois em desligar, depois em sim
para desligar o computador e aguarde.
Quando surgir a mensagem "seu computador já pode
ser desligado com segurança", puxe o fio da tomada,
 enrole no pescoço e aperte bem.
 
5. Pra que serve a opção Acessórios do Menu/programas?
Serve pra você colocar um toca-fitas no seu micro,
vidro fumê, roda de liga leve e volante de fórmula 1.
 
6. Pra que serve o botão Documentos do menu iniciar?
Serve pra você tirar sua carteira de identidade,
CPF, Titulo de Eleitor e atestado de insanidade mental. 
 
7. E o botão Localizar?
Serve pra você encontrar seu provável pai
 entre os homens da vizinhança.
 
8. E o botão Executar?
É ideal pra você aplicar em seu irmão mais novo,
 que vive mexendo no seu micro. 
 
9.Para que serve o Botão direito do mouse?
Pra você apertar sempre que o botão esquerdo estiver cansado.
 
10. Como faço para rodar o Word?Pegue o gabinete e gire-o rapidamente.
 O Word vai rodar até ficar tonto.
 
11. Como faço para salvar um documento?
Espere o documento tentar atirar-se pela janela do Word.
 Então, segure-o com firmeza.
 
12. Como dou nome para um documento?
Não se preocupe com formalidades.
Pode chamá-lo pelo apelido.
 
13. O Power Point faz apresentações?
Faz, mas é muito tímido.
Não espere por ele e apresente-se você mesmo.
 
14. O que é Correio Eletrônico?
É um sistema que envia o carteiro pela tomada elétrica.
 
15. O que é homepage?É uma casa feita com folhas de papel.

He ! He ! He !