terça-feira, 2 de julho de 2013

Na escola de Samba

A estagiária de Direito sai de Porto Alegre para passear o feriadão no Rio de Janeiro.
 Hospedada num flat 3 estrelas no Leblon, ela se prepara para ir ao ensaio de uma escola de samba. Olha-se no espelho e admite estar com ares de patricinha. (Era o que ela queria).
 Com a chegada dela ao destino, um frequentador – suado e banguela – trajando uma camisa do Botafogo “original” com o logotipo da “Liquigás” – convida-a para dançar. Para não arrumar confusão, ela concorda.
 Mas o parceiro – destilando-se – sua tanto (do verbo suar) que ela já não está suportando mais!
 A moça vai se afastando dele, e diz:
 - Você sua, hein!
 Ele a puxa, lasca um beijo e responde:
 - Também vô sê seu, princesa! É nóis!

Nenhum comentário: