terça-feira, 7 de maio de 2013

Questão de confiança

Desde o primeiro dia de casamento, Renatinho pedia à mulher para fazer sexo anal, mas ela nunca aceitava. Certo dia, quando ele chegou mais cedo do serviço, a encontrou fazendo um sexo anal violento com o seu melhor amigo.
 Não acreditando no que havia visto, saiu sem que eles percebessem e foi encher a cara no bar. Lá ele encontrou um bêbado pra quem desabafou. Contou toda a história. O bêbado escutou pacientemente e, quando o corno, quer dizer, o marido traído terminou de falar, ele respondeu:
 - É, companheiro… A vida é assim! Olha só o meu caso, por exemplo: outro dia eu tava viajando de ônibus e de repente fiquei com vontade de cagar….Aí fui no banheiro, fiz força pra cagar e só peidei…
 Quando voltei pro meu lugar me deu uma vontadezinha de peidar aí fiz força pra peidar e caguei…
 - Pô, meu! – Protestou o corno. – Eu desabafo com você, espero um bom conselho e você me vem com esse papo de peidar e cagar?
 - Cara, só tô tentando te mostrar como é a vida… A gente não pode confiar nem no cu da gente! Imagina no dos outros…

Nenhum comentário: