quinta-feira, 9 de maio de 2013

Inteligência Oriental

O chinesinho Jo-a-quin-zinho chega muito animado do primeiro dia de aula na escola e diz para a mãe:
 — Manhê! Hoje a professora ensinou pra gente qual é a mão direita!
 — Muito bem. Mostre ela para a mamãe.
 Jo-a-quin-zinho, orgulhoso, mostra a mão para a mãe.
 — Ótimo! Parabéns! Agora, me mostre a mão esquerda!
 — Ah, isso ela vai ensinar só amanhã!
***
 Jo-a-quin-zinho chega e começa a conversar com seu pai:
 — Pai, eu estava andando pelo mato e vi uma cobra, mas nem me assustei, porque eu percebi que era filhote!
 — E como você sabia disso, meu filho?
 — É que ela estava o tempo todo brincando com um chocalho!
***
 A mãe de Jo-a-quin-zinho volta à casa da clínica onde teve gêmeos e é recebida pelo garoto:
 — Mamãe, mamãe! Eu contei para a professora que tive um irmãozinho e ela me liberou das últimas três horas de aula!
 — E por que você não contou que eram dois irmãozinhos? — perguntou a mãe.
 — Eu não sou trouxa né, mãe? O outro irmãozinho eu reservei pra semana que vem!

Nenhum comentário: