segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Garanhão

Aquele garanhão, depois de aprontar poucas e boas, resolve se casar, mas tinha que ser com uma virgem. Numa cidade do interior, conhece uma moça muito religiosa, ingênua e recatada, apaixona-se e logo os dois vão para o altar. Na noite de núpcias, ele toma aquele banho, barbeia-se esmeradamente, perfuma-se, veste o roupão para não chocar a moça e com um sorriso de colecionador de cabaços, abre a porta do banheiro. Dá de cara com a moça deitada na cama, nua, de pernas abertas. Surpreso, ele comenta: - Mas querida! Eu imaginava te encontrar ajoelhada ao pé da cama e… E ela, interrompendo: - Se você quiser assim, tudo bem! Mas já vou avisando… esta posição é uma merda!

Nenhum comentário: