segunda-feira, 18 de julho de 2011

Quanto custaria construir as pirâmides atualmente





A Grande pirâmide de Gizé é a mais antiga e a única que ainda perdura das Sete Maravilhas do Mundo Antigo. A maior das pirâmides, serviu como tumba ao faraó da quarta dinastia do antigo Egito, Khufu -também conhecido por seu nome grego Quéops- e seu arquiteto foi Hemiunu, um parente de Quéops.

A data estimada do término da Grande Pirâmide é 2570 a.c e foi a primeira e maior das três grandes pirâmides da Necrópoles de Gizé nas imediações do Cairo no Egito e o edifício mais alto do mundo até o século XIX, só superado pelas agulhas da Catedral de Colônia (157 m, construída de 1248 a 1880) e a Torre Eiffel (300 m, erigida em 1889).

O egiptólogo britânico Sir William Matthew Flinders Petrie fez o estudo mais detalhado realizado até o momento a respeito do monumento, sendo suas dimensões as seguintes:

Altura original = 146,61 m
Altura atual = 136,86 m
Ângulo: 51º 50' 35"
Comprimento dos lados da base é:
Lado N: 230,364 m
Lado E: 230,319 m
Lado S: 230,365 m
Lado O: 230,342 m
Média: 230,347 m

Os materiais necessários a sua construção foram os seguintes:

Quéops: Mas de dois milhões de blocos de pedra calcária de várias toneladas cada uma.
Quéfren: Um milhão de blocos de pedra calcária de várias toneladas
Miquerinos: 100 mil blocos.

Para a sua construção foram necessários 100 mil homens e 20 anos, segundo Heródoto, além dos 10 anos para aprovisionar o material. Utilizaram embarcações de vela para o transporte dos blocos e rampas de terra, polias, rolos e alavancass para a construção.

Na atualidade seriam necessários 6 mil homens trabalhando durante 15 anos, com a ajuda de guindastes para elevar os blocos de construção fabricados em concreto visando baraterar o custo das pirâmides.

O custo dos materiais seria de 240 milhões de dólares e o pagamento da mão de obra consumiria 445 milhões de dólares, totalizando 685 milhões (aproximadamente 1,2 bilhões de reais).

recebi da Walmira

Nenhum comentário: