quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

O Mágico e o Papagaio

Era um cruzeiro marítimo, nesses navios de 5 andares, com duração de alguns meses.
Uma das atrações da viagem era um mágico, que faria um show por semana.
Como a platéia seria diferente toda semana, o mágico decidiu fazer o mesmo show toda semana.
Mas o papagaio do capitão do navio que assistia ao show toda semana descobriu como o mágico fazia seus truques.
Então o papagaio começou a gritar no meio do show:
- Olhem! Não é o mesmo chapéu!
No outro número:
- Prestem, atenção! Ele está escondendo as flores embaixo da mesa!
E no outro:
- Opa! Por que todas as cartas são Ases de Espada?
O mágico estava ficando furioso, mas não podia fazer nada. Afinal o dono do papagaio era o capitão do navio.
Um dia aconteceu um acidente e o navio afundou.
Só sobrou o mágico, que ficou boiando num pedaço de madeira, no meio do oceano, e o papagaio, é claro.
Eles ficaram se encarando com ódio nos olhos, mas sem dizerem uma palavra, por dias e dias…
Após uma semana, o papagaio disse:
- Ok, desta vez eu desisto. Onde está o barco?

terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

QUE LEGAL.....QUE BOSTA....

Que legal! Depois de muito sacrifício e até passou fome, finalmente você conseguiu se formar em direito!!!
Que bosta! Não pode exercer a profissão porque não consegue passar no exame da OAB.

Que legal! Você sonhou que era o Super-homem e voava do seu apartamento
Que bosta! Você é sonâmbulo!

Que legal! Finalmente conseguiu se livrar daquele seu namorado que estava sufocando sua vida!
Que bosta! Ele colocou suas fotos íntimas na Internet, por vingança!

Que legal! Você é uma lindíssima top model!
Que bosta! No Brasil? É puta!

Que legal! Você finalmente encontrou a felicidade e a paz espiritual que toda pessoa deseja!
Que bosta! Junto com essa paz estava um Pastor da Universal que encontrou sua casa, seu carro e todos seus bens!!

Que legal! Você é educado no trânsito e sempre pára no sinal vermelho!
Que bosta! O cara do fusquinha, atrás, que acabou de bater em você não pensa assim!

Que legal! Seu filho não é maconheiro!
Que bosta! É zuqueiro!

Que legal! Você é um homem de sorte! Ganhou até flores no seu aniversário!
Que bosta! No cartão tinha a assinatura de: Waldemar que te ama muito!

Que legal! Você é querido! Está num carrão e o povo grita seu nome aos quatro ventos!
Que bosta! É o carro da funerária!

Que legal! Você está na praia rodeado por lindas garotas se acotovelando pra chegar perto!
Que bosta! Você é vendedor de raspadinha de limão naquele calorzão de estourar os miolos!

Que legal! Você adquiriu uma câmera digital com tudo, no programa do Leão Lobo, em suaves centenas de prestações no valor de 2.500 reais!
Que bosta! A mesma câmera no Paraguai custa 100 reais!

Que legal! Você completou 16 anos, tirou o título e já pode votar!
Que bosta! Não tem em quem votar, pois todos os políticos são corruptos, sem exceção!

Que legal! Você é gaúcho e não é gay!
Que bosta! Todo mundo tem certeza que você é gay, seu enrustidinho!!!

Que legal! Depois de 6 meses tentando, conseguiu marcar um encontro com a vizinha gostosa!
Que bosta! Ela estava menstruada naquele dia e não rolou sexo!

Que legal! O eliminado do último paredão foi justamente aquele que você odiava e estava torcendo pra ele cair fora da casa!
Que bosta! Sua conta de telefone este mês estourou por causa das centenas de ligações que você fez pro BBB8!

Que legal! Aquele bandido estuprador foi finalmente condenado a 35 anos de cadeia!
Que bosta! Pelo sistema penal brasileiro, ele só vai passar uns 3 anos na cadeia e vai voltar às ruas pra pegar sua irmãzinha!

Que legal! Você adora escrever, tem uma caligrafia linda, com certeza vai ser um escritor famoso!
Que bosta! Vai virar um apontador do jogo do bicho!

Que legal! Você com muita ética, honestidade e esforço, consegue ser um funcionário do alto escalão do governo federal!
Que bosta! Teve que assumir a culpa pra salvar a pele do Lula e agora é alvo de investigação policial e poderá ser preso!

Que legal! Você é um “Embaixador”!
Que bosta! Vagabundo! Passa o dia fazendo “embaixadinhas” num time de várzea no interior do Piauí!

Bêbados

Começou a música e um bêbado levantou-se cambaleando e dirigiu-se a uma senhora de preto e pediu:
- Hic… Madame, me dá o prazer dessa dança?
E ouviu a seguinte resposta:
- Não, por quatro motivos:
Primeiro, o senhor está bêbado!
Segundo, isto é um velório!
Terceiro, não se dança o Pai Nosso!
E quarto porque ‘Madame’ é a puta que o pariu! Eu sou o padre!

DIRETORIA AOS FUNCIONÁRIOS

INDUMENTÁRIA :

Informamos que o funcionário deverá trabalhar vestido de acordo com o seu salário.
Se o percebermos calçando um tênis Nike de R$ 350,00 e carregando uma bolsa Gucci de R$ 600,00, presumiremos que vai bem de finanças e, portanto, não precisa de aumento.
Se ele se vestir de forma pobre, será um sinal de que precisa aprender a controlar melhor o seu dinheiro, para que possa comprar roupas melhores e portanto, não precisa de aumento.
E se ele se vestir no meio termo, estará perfeito e, portanto, não precisa de aumento.

AUSÊNCIA DEVIDO À ENFERMIDADE:
Não vamos mais aceitar atestado médico como prova de enfermidade.
Se o funcionário tem condições de ir até o consultório médico, pode vir trabalhar.

CIRURGIA:
As cirurgias são proibidas.
Enquanto o funcionário trabalhar nesta empresa, precisará de todos os seus órgãos, portanto, não deve pensar em remover nada. Nós o contratamos inteiro. Remover algo constitui quebra de contrato.

AUSÊNCIAS DEVIDO A MOTIVOS PESSOAIS:
Cada funcionário receberá 104 dias para assuntos pessoais a cada ano. Chamam-se sábado e domingo.

FÉRIAS:
Todos os funcionários deverão entrar em férias nos mesmos dias de cada ano.
Os dias de férias são: 01 de janeiro, 07 de setembro e 25 de dezembro.

AUSÊNCIA DEVIDO AO FALECIMENTO DE ENTE QUERIDO:
Esta não é uma justificativa para perder um dia de trabalho.Não há nada que se possa fazer pelos amigos, parentes ou colegas de trabalho falecidos.
Todo esforço deverá ser empenhado para que não-funcionários cuidem dos detalhes.
Nos casos raros, onde o envolvimento do funcionário é necessário, o enterro deverá ser marcado para o final da tarde.
Teremos prazer em permitir que o funcionário trabalhe durante o horário do almoço e, daí, sair uma hora mais cedo, desde que o seu trabalho esteja em dia.

AUSÊNCIA DEVIDO À SUA PRÓPRIA MORTE:
Isto será aceito como desculpa. Entretanto, exigimos pelo menos 15 dias de aviso prévio, visto que cabe ao funcionário treinar o seu substituto.

O USO DO WC:
Os funcionários estão passando tempo demais no toalete. No futuro, seguiremos o sistema de ordem alfabética. Por exemplo, todos os funcionários cujos nomes começam com a letra “A” irão entre 8:00 e 8:20, aqueles com a letra “B” entre 8:20 e 8:40, etc. Se não puder ir na hora designada, será preciso esperar a sua vez, no dia seguinte.
Em caso de emergência, os funcionários poderão trocar o seu horário com um colega.
Os supervisores dos funcionários deverão aprovar essa troca, por escrito, mas há um limite estritamente máximo de 3 minutos no vaso. Acabando esses 3 minutos, um alarme irá tocar, o rolo de papel higiênico será recolhido, a porta do box abrirá e uma foto será tirada.
Se for repetente, a foto será fixada no quadro de avisos da empresa sob o título “Infrator Crônico”.

A HORA DO ALMOÇO:
Os magros têm 30 minutos para o almoço, porque precisam comer mais para parecerem saudáveis.
As pessoas de tamanho normal têm 15 minutos para comer uma refeição balanceada que sustente o seu corpo mediano.
Os gordos têm 5 minutos, porque é tudo que precisam para tomar um “Slim Fast” e um remédio de regime.
Muito obrigado pela sua fidelidade à nossa empresa.

Portanto, toda dúvida, comentário, preocupação, reclamação, frustração, irritação, agravo, insinuação, alegação, acusação, observação, consternação e “input” deverá ser dirigida para o RH com a carteira de trabalho em mãos.

Atenciosamente
Diretoria de Recursos Humanos

Frase do Dia

“O maior problema de Lampião, o Rei do Cangaço, foi ter perdido a cabeça.”

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Esses São Verdadeiros Professionais

Um Diplomata é aquele que manda você ir para o inferno de tal modo que você aguarda isso com grande expectativa!

Um Professor é alguém que fala pra quem sempre está com sono!

Um Psicólogo é um homem que só vê o paciente, quando uma linda garota entra na sala!

Um Matemático é um cego no escuro procurando um gato preto que não está lá!

Uma Professora é uma mulher induzida a pensar que gosta de crianças!

Um Economista é um especialista que saberá tudo de amanhã porque as coisas que ele previu ontem não aconteceram hoje!

Um Consultor é alguém que toma o relógio do seu pulso e lhe diz a hora!

Um Programador é alguém que resolve um problema que você não sabia que tinha e de um modo que você nunca vai entender!

Por que cantar loira não dá certo

Você: Oi gata… Qual é seu telefone?
Loira: Nokia. E o seu?

Você: Uau! Isso aqui é uma calçada ou uma passarela de moda?
Loira: Hum, agora você me pegou… É que eu não sou daqui. Então não sei te informar…

Você: Eu não tiro o olho de você!
Loira: Ainda bem, né? Se não eu fico cega!

Você: Nossa! Eu não sabia que boneca andava!
Loira: Sério? Nossa, você tá por fora, hein? Já tem até Barbie que anda de bicicleta!

Você: Que curvas, hein!
Loira: Nem me fala… Eu bati o carro 7 vezes pra chegar nessa festa!

Você: Esse seu vestido vai ficar lindo jogado no chão do meu quarto!
Loira: Quer comprar um igual pra fazer um tapete? Eu te indico a loja…

Você: Meu coração disparou quando eu te vi!
Loira: Socorro! Alguém ajude! O moço está tendo um ataque cardíaco!

Você: Eu quero o seu amor, gata!
Loira: Espera só um pouquinho… Amô-or! Tem um moço aqui querendo você!

Você: Quer beber alguma coisa?
Loira: Ai, que bom que você apareceu, garçom!

Você: Me dá seu telefone, vai!
Loira: Socorro! Um assalto!

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

ESTATÍSTICA INTERESSANTE

35% dos meninos já se apaixonaram pela professora.
40% dos homens se negam a participar da limpeza da casa.
46% das mulheres praticam sexo anal com seus parceiros
56% das mulheres dormem nuas de vez em quando.
70% das mulheres preferem transar pela manhã.
90% das mulheres gostariam de transar em contato com a natureza.
99% das mulheres nunca transaram no escritório.

Conclusão:
Há mais probabilidade de fazer sexo anal com uma mulher num bosque, pela manhã, do que transar à noite, no escritório….

Moral da história:
Não fique trabalhando até tão tarde porque provavelmente você não vai comer ninguém !!!

Surdez

Um velho telefona ao médico para marcar uma consulta para a sua mulher.
A atendente lhe pergunta:
- Qual o problema de sua esposa?
- Surdez. Não ouve quase nada.
- Então o senhor vai fazer o seguinte: Antes de trazê-la, fará um teste para facilitar o diagnóstico do médico. Sem que ela esteja olhando, o senhor, a uma certa distância, falará em tom normal, até que perceba a que distância ela consegue ouví-lo.
Então, quando vier, dirá ao médico a que distância o senhor estava quando ela o ouviu.Certo?
- Está certo.
À noite, quando a mulher estava preparando o jantar, o velhote decidiu fazer o teste. Mediu a distância que estava em relação à mulher. E pensou:
“Estou a 15 metros de distância. Vai ser agora!”
- Maria… o que temos para jantar? Nada. Silêncio.
Aproxima-se 5 metros.
- Maria… o que temos para jantar? Nada. Silêncio.
Fica à distância de 3 metros:
- Maria… o que temos para jantar? Silêncio.
Por fim, encosta-se às costas da mulher e volta a perguntar:
- Maria! O que temos para jantar?
- Frango, porra! É a quarta vez que eu respondo!

Frase do Dia

Minimize todos os seus problemas. Case-se com uma baixinha.

VOCÊ SABE QUE ESTÁ VIVENDO EM 2008, QUANDO…

1. Você envia e-mail ou msn para conversar com a pessoa que trabalha na mesa ao lado da sua.

2. Você usa o celular na garagem de casa para pedir a alguém que o ajude a desembarcar as compras.

3. Esquecendo seu celular em casa, coisa que você não tinha há 20 anos, você fica apavorado e volta para buscá-lo.

4. Você levanta pela manhã e quase liga o computador antes de tomar o café.

5. Você conhece o significado de naum, tbm, qdo, xau, msm, dps …

6. Você não sabe o preço de um envelope comum;

7. A maioria das piadas que você conhece, você recebeu por e-mail (e ainda por cima ri sozinho…);

8. Você fala o nome da firma onde trabalha quando atende ao telefone em sua própria casa (ou até mesmo o celular !!);

Você digita o ‘0′ para telefonar de sua casa;

10. Você vai ao trabalho quando o dia ainda está clareando, volta para casa quando já escureceu de novo;

11. Quando seu computador pára de funcionar, parece que foi seu coração que parou,

11. Você está lendo esta lista e está concordando com a cabeça e sorrindo.

12. Você está concordando tão interessado na leitura que nem reparou que a lista não tem o número 9.

13. Você retornou a lista para verificar se é verdade que falta o número 9 e nem viu que tem dois números 11.

14. E AGORA VOCÊ ESTÁ RINDO CONSIGO MESMO…

15. Você já está pensando para quem você vai enviar esta mensagem ..

Terapia

Uma mulher chegou em casa e disse para o marido:

- Zé, lembra das enxaquecas que eu costumava ter toda vez que nós íamos fazer amor? Estou curada.
- Não tem mais dor de cabeça? O marido perguntou espantado.
A esposa respondeu:
- Minha amiga Margarete me indicou um terapeuta que me hipnotizou.
O médico me disse para ir para frente do espelho, me olhar bem no espelho e repetir para mim mesma. Não tenho mais dor de cabeça. Não tenho mais dor de cabeça. Não tenho mais dor de cabeça.
Fiz isso e a dor de cabeça parece que sumiu.
- O marido respondeu: Mas que maravilha!
Então a esposa falou para o marido.
- Nos últimos anos você não anda muito interessado em sexo. Por que você não vai ao terapeuta e tenta ver se ele te ajuda a ter interesse em sexo novamente?
O marido concordou, marcou uma consulta e alguns dias depois estava todo fogoso para uma noite de amor com a esposa. Então foi correndo para casa e entrou arrancando as roupas e arrastando a esposa para o quarto. Colocou a esposa na cama e disse para ela:
- Não se mova que eu já volto.
Ele foi ao banheiro e voltou logo depois, pulou na cama e fez amor de maneira muito apaixonada como nunca tinha feito com a esposa antes.
A esposa falou:
- Zé, foi maravilhoso!
O marido disse novamente para a esposa.
- Não saia daí que eu volto logo.
Foi ao banheiro e a segunda vez foi muito melhor que a primeira.
A mulher sentou-se na cama, a cabeça girando em êxtase com a experiência.
O Marido disse outra vez:
- Não saia daí que eu volto logo.
Foi ao banheiro. Desta vez a esposa foi silenciosamente atrás dele e quando chegou lá o marido olhava para o espelho e dizia:
- Não é minha esposa. - Não é minha esposa. - Não é minha esposa. - Não é minha esposa. - Não é minha esposa. - Não é minha esposa. - Não é minha esposa. - Não é minha esposa.
O velório do Zé será amanhã na capela 13 do cemitério da Saudade!!!

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

PQP, Dr. Baratas





Para promover os serviços de detetização da empresa 'Dr. Barata' (em São Paulo), foi impresso em caixas de pizza, a imagem de uma barata e ao terminar de comer, a pessoa encontraria a "bela " imagem e os dizeres: " Problemas com Insetos? Chame o Dr. Barata."
Uma forma criativa e indigesta de promover esse tipo de serviço. Será que não causaria uma reação negativa?!

DIFERENÇAS ENTRE O HOMEM E A MULHER NOS ANUNCIOS DE CARROS

clique para ampliar




Será ???

Mas que porra é essa ? orgia do brejo ?

/

/

Energia Eficiente

Todo mundo quer viver em um mundo melhor, mas, infelizmente o que vemos hoje é a degradação do nosso meio ambiente. Daí que, iniciativas como o "Planeta Sustentável", o "Energia Eficiente", entre muitos outros projetos, vindos de empresas que se preocupam em divulgar informações pertinentes a um mundo melhor para todos nós, nos é muito prazeroso se inteirar e participar ativamente. Por isso apresento a vocês um site muito bacana, cheio de conteúdo relacionado a um mundo melhor, conheçam o Energia Eficiente produzido pela Philips. (clique na imagem abaixo):

PERGUNTAR NÃO OFENDEq

Se jogadores de futebol, atrizes, atores e modelos juram que não bebem bedidas alcoólicas, por que são os únicos convidados para os camarotes das cervejarias no Sambódromo?

Frase do Dia

“Começou aquele período insuportável entre o Carnaval e o Natal.”

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

CHEN XUN LEE

Porque esse povo que tem a cabeça oval e pequena com seus olhos que não abrem nunca e que se reproduzem na velocidade da luz, mesmo tendo um pinto minúsculo ainda preferem motos do que carros?



O bom é que se o cara quiser um
bola gato é só baixar a calça que já tá no jeito.

É bem provável que seja por isso mesmo!

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

CUZÃO


De repente sua mãe entra no quarto e pergunta: - O quê você esta estudando? Joãozinho responde: - Anatomia mamãe!!!

SERÁ QUE ELE ATRAVESSA ?

The ongoing story of the persistent attempts to get to the other side.

Attempt 1:

previous attempt | next attempt

Attempt 01 | Attempt 02 | Attempt 03 | Attempt 04 | Attempt 05

Attempt 06 | Attempt 07 | Attempt 08 | Attempt 09 | Attempt 10

Attempt 11 | Attempt 12 | Attempt 13 | Attempt 14 | Attempt 15

Attempt 16 | Attempt 17 | Attempt 18 | Attempt 19 | Attempt 20

Attempt 21 | Attempt 22 | Attempt 23 | Attempt 24 | Attempt 25

BBB


A TV Globo contribui para emburrecer as pessoas com o que há de pior em matéria de programa de televisão.
O Big Brother Brasil é o lixo do lixo. Uma merda.

SOLIDÃO

Você está aniquilado?
Sente-se sozinho e abandonado?
Está convencido de que ninguém
se interessa por você?
Acredita que ninguém está dando
a mínima para o fim do seu casamento
e pouco se importa pelo seu divórcio?
Você pensa que ninguém repara nos
seu sucessos ou nos seus fracassos,
Ou que sua vida e/ou sua morte nada
significam para os outros?
Você está errado!
Existe alguém que se interessa MUITO
por você, e acompanha todos os seus passos.


Clique aqui

Colaborção Mary Villano

DEPILAÇÃO MASCULINA

Estava eu assistindo tv numa tarde de domingo, naquele horário em que não se pode inventar nada o que fazer, pois no outro dia é segunda-feira, quando minha esposa deitou ao meu lado e ficou brincando com minhas “partes”. Após alguns minutos ela veio com a seguinte idéia:
- Por que não depilamos seus ovinhos?. Assim eu poderia fazer “outras coisas” com eles…
Aquela frase foi igual um sino na minha cabeça. Por alguns segundos fiquei imaginando o que seriam “outras coisas”. Respondi que não, que doeria… coisa e tal, mas ela veio com argumentos sobre as novas técnicas de depilação e eu não tive mais como negar. Concordei. Até porque estava curioso para fazer “outras coisas”.
Ela me pediu que ficasse pelado enquanto buscaria os equipamentos necessários para tal feito. Fiquei olhando para TV, porém minha mente estava vagando pelas novas sensações e só acordei quando escutei o beep do microondas. Ela voltou ao quarto com um pote de cera, uma espátula e alguns pedaços de plástico. Achei meio estranho aqueles equipamentos, mas ela estava com um ar de “dona da situação” que deixaria qualquer médico urologista sentindo-se como residente. Fiquei tranqüilo e autorizei o restante do processo.
Pediu para que eu ficasse numa posição de quase-frango-assado e liberasse o acesso a zona do agrião. Pegou meus ovinhos como quem pega duas bolinhas de porcelana e começou a passar cera morna. Achei aquela sensação maravilhosa!! Bem quentinho! O Sr. Pinto já estava todo “pimpão” como quem diz: - Sou o próximo da fila!
Pelo início, fiquei imaginando quais seriam as “outras coisas” que viriam. Após estarem completamente besuntados de cera, ela embrulhou ambos no plástico com tanto cuidado que eu achei que iria levá-los para viagem. Fiquei imaginando onde ela teria aprendido essa técnica de prazer: Na Tailândia, na China ou pela Internet mesmo. Porém, alguns segundos depois ela esticou o saquinho para um lado e deu um puxão repentino. Todas as novas sensações foram trocadas por um sonoro PUTA QUE O PARIU quase falado letra por letra. Olhei para o plástico para ver se o couro do meu saco não tinha ficado grudado na cera. Ela disse que ainda restaram alguns pelinhos e que precisava passar de novo. Respondi prontamente:
- Se depender de mim eles vão ficar aí para a eternidade!
Segurei o Dr. Esquerdo e o Dr. Direito em minhas respectivas mãos, como quem segura os últimos ovos da mais bela ave amazônica em extinção, e fui para o banheiro. Sentia o coração bater nos ovos. Abri o chuveiro e foi a primeira vez que eu molho o saco antes de molhar a cabeça. Passei alguns minutos só deixando a água escorrer pelo meu corpo. Saí do banho, mas nesses momentos de dor qualquer homem vira um bebezinho novo: faz merda atrás de merda. Peguei meu gel pós barba com camomila “que acalma a pele”, enchi as mãos e passei nos ovos. Foi como se tivesse passado molho de pimenta. Sentei na privada, peguei a toalha de rosto e fiquei abanando os ovos como quem abana um boxeador no 10° round. Olhei para meu pinto. Ele era tão alegrinho minutos atrás, estava tão pequeno que mais parecia que eu tinha saído de uma piscina 5 graus abaixo de zero.
Nesse momento minha esposa bate na porta do banheiro e perguntou o que estava acontecendo. Aquela voz antes aveludada ficou igual um carrasco mandando eu entregar o presidente da revolução. Saí do banheiro e voltei para o quarto. Ela estava argumentado que os pêlos tinham saído pelas raízes, que demorariam voltar a nascer.
- Pela espessura da pele do meu saco, meus netos irão nascer sem pêlos nos ovos, respondi. Ela pediu para olhar como estavam. Eu falei para olhar com meio metro de distância e sem tocar em nada!! Vesti a camiseta e fui dormir (somente de camiseta). Naquele momento sexo para mim seria somente para perpetuar a espécie humana. No outro dia pela manhã fui me arrumar para ir trabalhar. Os ovos estavam mais calmos, porém mais vermelhos que tomates maduros. Foi estranho sentir o vento bater em lugares nunca antes visitados. Tentei colocar a cueca, mas nada feito. Procurei alguma cueca de veludo e nada. Vesti a calça mais folgada que achei no armário e fui trabalhar sem cueca mesmo.
Entrei na minha seção andando igual um cowboy cagado. Falei bom dia para todos, mas sem olhar nos olhos. E passei o dia inteiro trabalhando em pé com receio de encostar os tomates maduros em qualquer superfície.

Conclusão: Certas coisas devem ser feitas somente pelas mulheres. Não adianta tentar misturar os universos masculino e feminino.

Enquete . Cãozinho

Imagina que você sai pra trabalhar e quando volta percebe que seu cachorrinho deu uma cagada (uma daquelas diarréias bem aguada) justamente no seu sofá novo, que as Casas Bahia acabou de entregar!

Então, com todo o ódio do mundo dentro do corpo, você começa a caçá-lo pela casa:

- Vem cá cão do inferno!

- Cachorro do demônio, cadê você?

E quando finalmente você o encontra...



E agora???

VOTE, ACIMA

[ MEMÒRIAS DE UM EX - EMPREGADO DOMÉSTICO

Quando eu era mais novinho, minha mãe me explorava. Pelo menos uma vez por semana ela mandava eu lavar o banheiro. Puta merda eu queria morrer quando ela mandava eu lavar o banheiro, mas não tinha escolha, e lá ia eu perder metade do dia naquela porra.

O pior na verdade nem era lavar o banheiro, mas sim a privada. Que nojento ter que lavar o lugar onde todos cagam e mijam o tempo todo. Isso não é vida, mas graças a Deus hoje eu estou liberto disso.

Mas pensando em você que ainda é explorado por sua mãe para fazer esse tipo de serviço doméstico, vou mostrar um método revolucionário de como lavar uma privada sem encostar a mão nela, e de quebra ainda dar banho no gato.

Vamos lá:

1. Abra a tampa do vaso e coloque duas colheres de sopa de xampu para animais.

2. Pegue o gato e acalme-o enquanto você o carrega para o banheiro.

3. Surpreenda o gato com um movimento rápido, ou alguns tapas e coloque-o no vaso e feche a tampa. É possível que você tenha que sentar no vaso para que o gato não abra a tampa.

4. O gato vai se agitar e fazer muitas ondas. Não se importe com o barulho que vem do vaso, porque o gato na verdade está gostando do que está acontecendo.

5. Puxe a descarga umas três ou quatro vezes. Isso faz com que haja uma lavação completa, seguida do enxagüe necessário.

6. Peça para que alguém abra a porta da casa. Também não deixe ninguém entre o banheiro e a porta aberta.

7. Coloque-se atrás do vaso o máximo possível, e rapidamente abra a tampa do vaso.

8. O gato irá sair correndo do vaso, voará pelo banheiro até chegar fora da casa, onde ele se secará naturalmente.

9. Tanto o vaso sanitário como o gato estarão limpinhos e cheirosos.

Veja como o vaso sanitário ficou limpinho, e o mais importante: você nem sequer encostou a mão nele!



O gato ficou limpinho também!!!



São dois coelhos com uma cajadada só. Perfeito!

Como não me ensinaram essa técnica na minha época?

Degustação de vinho em Minas


Vocabulário só pra quem sabe apreciar um bom vinho...

- Hummm...

- Hummm...

- Eca!!!

- Eca?! Quem falou Eca?

- Fui eu, sô! O senhor num acha que esse vinho tá com um gostim estranho?

- Que é isso?! Ele lembra frutas secas adamascadas, com leve toque de trufas brancas, revelando um retrogosto persistente, mas sutil, que enevoa as papilas de lembranças tropicais atávicas...

- Putaquepariu sô! E o senhor cheirou isso tudo aí no copo ?!

- Claro! Sou um enólogo laureado. E o senhor?

- Cebesta, eu não! Sou isso não senhor !! Mas que isso aqui tá me cheirando iguarzinho à minha egüinha Gertrudes depois da chuva, lá isso tá!

- Ai, que heresia! Valei-me São Mouton Rothschild!

- O senhor me desculpe, mas eu vi o senhor sacudindo o copo e enfiando o narigão lá dentro. O senhor tá gripado, é ?

- Não, meu amigo, são técnicas internacionais de degustação entende? Caso queira, posso ser seu mestre na arte enológica. O senhor aprenderá como segurar a garrafa, sacar a rolha, escolher a taça, deitar o vinho e, então....

- E intão moiá o biscoito, né? Tô fora, seu frutinha adamascada!

- O querido não entendeu. O que eu quero é introduzi-lo no...

- Mais num vai introduzi mais é nunca! Desafasta, coisa ruim!

- Calma! O senhor precisa conhecer nosso grupo de degustação. Hoje, por exemplo, vamos apreciar uns franceses jovens...

- Hã-hã... Eu sabia que tinha francês nessa história lazarenta...

- O senhor poderia começar com um Beaujolais!

- Num beijo lê, nem beijo lá! Eu sô é home, safardana!

- Então, que tal um mais encorpado?

- Óia lá, ocê tá brincano com fogo...

- Ou, então, um suave fresco!

- Seu moço, tome tento, que a minha mão já tá coçando de vontade de meter um tapa na sua cara desavergonhada!

- Já sei: iniciemos com um brut, curto e duro. O senhor vai gostar!

- Num vô não, fio de um cão! Mas num vô, memo! Num é questão de tamanho e firmeza, não, seu fióte de brabuleta. Meu negócio é outro, qui inté rima com brabuleta...

- Então, vejamos, que tal um aveludado e escorregadio?

- E que tal a mão no pédovido, hein, seu fióte de Belzebu?

- Pra que esse nervosismo todo? Já sei, o senhor prefere um duro e macio, acertei?

- Eu é qui vô acertá um tapão nas suas venta, cão sarnento! Engulidô de rôia!

- Mole e redondo, com bouquet forte?

- Agora, ocê pulô o corguim! E é um... e é dois... e é treis! Num corre, não, fiodaputa! Vorta aqui que eu te arrebento, sua bicha fedorenta!...

terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Tenta sim. Vai ficar lindo.

RECEBIDA DE LAÍS SOARES

Foi assim que decidi, por livre e espontânea pressão de amigas, me render à depilação na virilha. Falaram que eu ia me sentir dez quilos mais leve.
Mas acho que pentelho não pesa tanto assim. Disseram que meu namorado ia amar, que eu nunca mais ia querer outra coisa. Eu imaginava que ia doer, porque elas ao menos me avisaram que isso aconteceria. Mas não esperava que por trás disso, e bota por trás nisso, havia toda uma indústria pornô-ginecológica-estética.
- Oi, queria marcar depilação com a Penélope.
- Vai depilar o quê?
- Virilha.
- Normal ou cavada?
Parei aí. Eu lá sabia o que seria uma virilha cavada. Mas já que era pra fazer, quis fazer direito.
- Cavada mesmo.
- Amanhã, às… Deixa eu ver…13h?
- Ok. Marcado.
Chegou o dia em que perderia dez quilos. Almocei coisas leves, porque sabia lá o que me esperava, coloquei roupas bonitas, assim, pra ficar chique. Escolhi uma calcinha apresentável. E lá fui. Assim que cheguei, Penélope estava esperando. Moça alta, mulata, bonitona. Oba, vou ficar que nem ela, legal. Pediu que eu a seguisse até o local onde o ritual seria realizado. Saímos da sala de espera e logo entrei num longo corredor. De um lado a parede e do outro, várias cortinas brancas. Por trás delas ouvia gemidos, gritos, conversas. Uma mistura de Calígula com O Albergue. Já senti um frio na barriga ali mesmo, sem desabotoar nem um botão. Eis que chegamos ao nosso cantinho: uma maca, cercada de cortinas.
- Querida, pode deitar.
Tirei a calça e, timidamente, fiquei lá estirada de calcinha na maca. Mas a Penélope mal olhou pra mim. Virou de costas e ficou de frente pra uma mesinha. Ali estavam os aparelhos de tortura. Vi coisas estranhas. Uma panela, uma máquina de cortar cabelo, uma pinça. Meu Deus, era O Albergue mesmo. De repente ela vem com um barbante na mão. Fingi que era natural e sabia o que ela faria com aquilo, mas fiquei surpresa quando ela passou a cordinha pelas laterais da calcinha e a amarrou bem forte.
- Quer bem cavada?
- .é… é, isso.
Penélope então deixou a calcinha tampando apenas uma fina faixa da Abigail, nome carinhoso de meu órgão, esqueci de apresentar antes.
- Os pêlos estão altos demais. Vou cortar um pouco senão vai doer mais ainda.
- Ah, sim, claro.
Claro nada, não entendia porra nenhuma do que ela fazia. Mas confiei.
De repente, ela volta da mesinha de tortura com uma espátula melada de um líquido viscoso e quente (via pela fumaça).
- Pode abrir as pernas.
- Assim?
- Não, querida. Que nem borboleta sabe? Dobra os joelhos e depois joga cada perna pra um lado.
- Arreganhada, né?
Ela riu. Que situação. E então, Pê passou a primeira camada de cera quente em minha virilha Virgem. Gostoso, quentinho, agradável. Até a hora de puxar. Foi rápido e fatal. Achei que toda a pele de meu corpo tivesse saído que apenas minha ossada havia sobrado na maca. Não tive coragem de olhar.
Achei que havia sangue jorrando até o teto. Até procurei minha bolsa com os olhos, já cogitando a possibilidade de ligar para o S.A.M.U tudo isso buscando me concentrar em minha expressão, para fingir que era tudo super natural.
Penélope perguntou se estava tudo bem quando me notou roxa. Eu havia esquecido de respirar. Tinha medo de que doesse mais.
- Tudo ótimo. E você?
Ela riu de novo como quem pensa “que garota estranha”. Mas deve ter aprendido a ser simpática para manter clientes.
O processo medieval continuou. A cada puxada eu tinha vontade de espancar Penélope. Lembrava de minhas amigas recomendando a depilação e imaginava que era tudo uma grande sacanagem, só pra me fazer sofrer. Todas recomendam a todos porque se cansam de sofrerem sozinhas.
- Quer que tire dos lábios?
- Não, eu quero só virilha, bigode não.
- Não, querida, os lábios dela aqui ó.
Não, não, pára tudo. Depilar os tais grandes lábios? Putz, que idéia. Mas topei. Quem está na maca tem que se fuder mesmo.
- Ah, arranca aí. Faz isso valer a pena, por favor.
Não bastasse minha condição, a depiladora do lado invade o cafofinho de Penélope e dá uma conferida na Abigail.
- Olha ta ficando linda essa depilação.
- Menina, mas ta cheio de encravado aqui. Olha de perto.
Se tivesse sobrado algum pentelhinho, ele teria balançado com a respiração das duas. Estavam bem perto dali. Cerrei os olhos e pedi que fosse um pesadelo. “Me leva daqui, Deus, me tele transporta”. Só voltei a terra quando entre uns blábláblás ouvi a palavra pinça.
- Vou dar uma pinçada aqui porque ficaram um pelinhos, ta?
- Pode pinçar, ta tudo dormente mesmo, to sentindo nada.
Estava enganada. Senti cada picadinha daquela pinça filha da mãe arrancar cabelinhos resistentes da pele já dolorida. E quis matá-la. Mas mal sabia que o motivo para isso ainda estava por vir.
- Vamos ficar de lado agora?
- Hein?
- Deitar de lado pra fazer a parte cavada.
Pior não podia ficar. Obedeci à Penélope. Deitei de ladinho e fiquei esperando novas ordens.
- Segura sua bunda aqui?
- Hein?
- Essa banda aqui de cima, puxa ela pra afastar da outra banda.
Tive vontade de chorar. Eu não podia ver o que Pê via. Mas ela estava de cara para ele, o olho que nada vê. Quantos haviam visto, à luz do dia, aquela cena? Nem minha ginecologista. Quis chorar gritar, peidar na cara dela, como se pudesse envenená-la. Fiquei pensando nela acordando à noite com um pesadelo. O marido perguntaria:
-Tudo bem, Pê?
-Sim… Sonhei de novo com o cu de uma cliente.
Mas de repente fui novamente trazida para a realidade. Senti o aconchego falso da cera quente besuntando meu Twin Peaks. Não sabia se ficava com mais medo da puxada ou com vergonha da situação. Sei que ela deve ver mil cus por dia. Aliás, isso até alivia minha situação. Por que ela lembraria justamente do meu entre tantos? E aí me veio o pensamento: peraí, mas tem cabelo lá? Fui impedida de desfiar o questionamento. Pê puxou a cera. Achei que a bunda tivesse ido toda embora. Num puxão só, Pê arrancou qualquer coisa que tivesse ali. Com certeza não havia nem uma preguinha pra contar a história mais. Mordia o travesseiro e grunhia ao mesmo tempo. Sons guturais, xingamentos, preces, tudo junto.
- Vira agora do outro lado.
Porra.. Por que não arrancou tudo de uma vez? Virei e segurei novamente a bandinha. E então, piora. A bruaca da salinha do lado novamente abre a cortina.
- Penélope, empresta um chumaço de algodão?
Apenas uma lágrima solitária escorreu de meus olhos. Era dor demais, vergonha demais. Aquilo não fazia sentido. Estava me depilando pra quem?
Ninguém ia ver o tobinha tão de perto daquele jeito. Só mesmo Penélope. E agora a vizinha inconveniente.
- Terminamos. Pode virar que vou passar maquininha.
- Máquina de quê?!
- Pra deixar ela com o pêlo baixinho, que nem campo de futebol.
- Dói?
- Dói nada.
- Ta, passa essa merda…
- Baixa a calcinha, por favor.
Foram dois segundos de choque extremo. Baixe a calcinha, como alguém fala isso sem antes pegar no peitinho? Mas o choque foi substituído por uma total redenção. Ela viu tudo, da perereca ao Boga. O que seria baixar a calcinha? E essa parte não doeu mesmo, foi até bem agradável.
- Prontinha. Posso passar um talco?
- Pode, vai lá, deixa a bicha grisalha.
- Ta linda! Pode namorar muito agora.
Namorar… Namorar… Eu estava com sede de vingança. Admito que o resultado é bonito, lisinho, sedoso. Mas doía e incomodava demais. Queria matar minhas amigas. Queria virar feminista, morrer peluda, protestar contra isso. Queria fazer passeatas, criar uma lei antidepilação cavada.
Queria comprar o domínio
www.preserveasvaginaspeludas.com.br
Filha da puta foi a mulher que inventou a “cavadinha” .

Que velhinha....

Um homem estava fazendo compras no supermercado, quando notou que uma velhinha o seguia por todos os lados.
Se ele parava, ela parava e ficava olhando para ele.
No fim, já no caixa, ela se atreveu a falar com ele, dizendo:
- Espero que não o tenha feito se sentir incomodado; mas é que você se parece muito com meu filho que faleceu e que era muito bom para mim.
O jovem, com um nó na garganta, respondeu que tudo estava bem, que não havia problema.
A velhinha lhe disse, então:
- Quero lhe pedir algo incomum.
O jovem lhe respondeu:
- Diga-me em que posso ajudá-la.
- Queria que você me dissesse “Adeus, Mamãe”, quando eu me for do supermercado, pois isso me fará muito feliz!
O jovem, sabendo que seria um gesto que encheria o coração da velhinha, aceitou.
Então, ela passou pela caixa, após ter registrado as suas muitas compras. Aí, se voltou sorrindo e, agitando sua mão, disse:
- Adeus, filho!
Ele, cheio de amor e ternura, lhe respondeu efusivamente:
- Adeus, mamãe!
Ela se foi e o homem ficou contente e satisfeito pois, com certeza, havia dado um pouco de alegria à velhinha. E, então, passou suas compras.
- São R$ 554,00 - disse-lhe a moça do caixa.
- Por que tanto, se s levo cinco produtos baratos?
E a moça do caixa lhe disse:
- Sim, mas sua mamãe disse que você pagaria pelas compras dela também…

coisas de leões

Dois leões fugiram do Jardim Zoológico. Um se chamava BENSON e o outro HEDSON.
Na hora da fuga, cada um tomou um rumo diferente, para despistar os perseguidores.
Um dos leões foi para as matas e o outro foi para o centro da cidade.
Procuraram os leões por todo o lado, mas ninguém os encontrou.
Depois de um mês, para surpresa geral, o leão que voltou foi justamente o que fugira para as matas. Voltou magro, faminto, alquebrado. Foi preciso pedir a um deputado que arranjasse uma vaga no Jardim Zoológico.
Assim, o leão foi reconduzido a sua jaula.
Passaram-se oito meses e ninguém mais se lembrou do leão que fugira para o centro da cidade, quando um dia, o bicho foi recapturado.
E voltou ao Jardim Zoológico gordo, sadio, vendendo saúde.
Mal ficaram juntos de novo, o leão que fugira para a floresta perguntou ao colega:
Como é que conseguiste ficar na cidade esse tempo todo e ainda voltar com saúde? Eu, que fugi para para a mata, tive que voltar, porque quase não encontrava o que comer … !!!
O outro leão então explicou:
Enchi-me de coragem e fui esconder-me numa repartição pública. Cada dia comia um funcionário e ninguém dava por falta dele.
E por que voltaste então para cá? Tinham acabado os funcionários?
Nada disso. Funcionário público é coisa que nunca se acaba. É que eu cometi um erro gravíssimo. Tinha comido o diretor geral, dois superintendentes, cinco adjuntos, três coordenadores, dez assessores, doze chefes de seção, quinze chefes de divisão, várias secretárias, dezenas de funcionários e ninguém deu por falta deles!
Mas, no dia em que eu comi o cara que servia o cafezinho…
Estraguei tudo!!! Me pegaram na hora …

Frase do Dia

“Acabe de ver as bobagens e vá para a rua. É Carnaval!”

Coitadinha....

Uma loira comenta sua situação aflitiva com um amigo, crédulo da Igreja Universal:
- Estou numa maré braba. Estou sem crédito na praça, devendo pra todo mundo. Não vejo solução. Já pensei em me matar. Estou desempregada e sem dinheiro, cheia de contas e carnês atrasados. Não há nada que dê jeito nessa situação. Já perdi a esperança! Acho que já estou doente e vou morrer mesmo…”
O religioso:
- Calma! Não é nada disso… Você precisa de ajuda espiritual. Você conhece a minha igreja?
Pois é, na quarta-feira, tem uma Sessão de Descarrego, onde todos são curados ou aliviados, com uns 318 pastores e muita fé. Vá lá… Vamos te salvar!
Na quarta-feira, a loira vai.
No meio do culto é chamada ao palco e, entre outros desesperados, um pastor a agarra e brada:
- Sai desse corpo, demônio! “Disaloja”! Esse corpo não te pertence! Em nome de Jesus, te afasta desta alma boa!
E colocando a mão em sua testa, brada:
- Estou ordenando: Em nome de Jesus, “Disaloja”!… “Disaloja”!… “DISALOOOOOJA”!
E a loira:
- Casas Bahia!!! Lojas Americanas!!! Ponto Frio Bonzão!!! C&A!!! Colombo!!! Pernambucanas!!! Marisa!!!…

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008